▧ Chapter XXXX.

23.6K 1.4K 1.3K

Go play a video game. It's you, it's you, it's all for you. Everything I do, I tell you all the time ('∀`愛)

-

"Eu não quero fazer Gemma!" Louis implorou, parado no batente da porta do banheiro do quarto dele e de seu alfa, a de cabelos coloridos estava sentada na cama, rolando seus olhos e completamente impaciente. O ômega tinha 4 testes de gravides sobre a pia, os quais a outra Styles quem havia ido comprar. No entanto, o menor não tinha coragem alguma de entrar no banheiro e fazê-los, porque se dessem positivo, Louis provavelmente iria desabar, ele estaria indo para a universidade em dois meses, estar gravido não estava nos planos, e Harry, muitas vezes os dois disseram sobre esperar para ter um filhote, e o alfa estava sempre perguntando sobre seus anticoncepcionais, o menor tinha medo de que o seu alfa se desapontasse por seu descuido, e ficasse chateado pelo fato do menor ter um filhote em seu ventre, e Louis sabia, ele sentia, ele estava gravido mas aceitar isso estava sendo completamente difícil, Gemma o pressionando a entrar e fazer os testes era pior ainda, a cabeça de Louis doía, seus olhos marejaram e ele queria chorar tanto.

"Nós não tiramos o Harry de casa à toa, faça os testes por favor Lou. Se você estiver gravido, estará quase de um mês e meio, não vai dar para esconder em algum momento." Gemma relembrou, e o menor assentiu suspirando, uma lágrima quente e fujona escapou de seu olho direito, a outra ômega endureceu, também triste pela expressão amuada do menor, ela apertou os lábios numa linha fina e por contrair a bochecha, uma covinha surgiu singelamente ali, enfeitando a bochecha com leves sardas. O menor suspirou tristemente e entrou no banheiro, encostando a porta, enquanto a outra respirava fundo sentada na cama. As mãos pequenas do menor desembalaram os testes e em poucos minutos ele já tinha urinado e os deixado de canto, esperando sozinho sentado no vaso sanitário, com os dedinhos apertando-se e entrelaçados, o menor tinha os olhos nervosos, balançando as coxas grossas e os pés pequeninos e igualmente inchados, agora, seu bunda tinha inchado, e ele tinha o umbigo levemente saltado, uma gordurinha apareceu no final de sua barriga, ainda que imperceptível o menor não conseguia ignorar.

Quando Louis apertou o botão do celular, vendo que os minutos tinham dado, ele se levantou tremulo, as lágrimas acumularam-se em seus olhos dilatados e um pouco irritados, então ele olhou para os testes dentro da pia, vendo que três deles tinham duas riscas vermelhas, e um deles apenas uma risca, mas de qualquer forma, três confirmavam sua gravides, o menor engasgou choroso, pondo a mão pequenina sobre a boca para não grunhir e chamar atenção enquanto os olhos embaçaram e as lágrimas vararam nervosas, escorrendo por sua pele macia e pingando de seu queixo, mas mesmo assim, Gemma aparecer, abrindo a porta que estava encostada, colocando a cabeça para dentro e o menor a olhou segurando os dos testes que havia dado positivo, a de cabelos coloridos gemeu triste, entrando dentro do banheiro de uma vez, ela puxou o menor pelos ombros e Louis largou o teste na pia novamente, abraçando o tronco dela de forma desesperada, então recostando a testa no ombro da outra e chorando pesadamente, o que partiu o coração de Gemma, porque um bebê jamais era algo ruim.

"Eu, e-eu to gravido Gems!" O ômega lamuriou com a voz embargada pelo choro, a garganta apertada e os narizes entupiram rapidamente, o rosto do menor corou pelas lágrimas salgadas que navegaram a pele de suas bochechas acentuadas, o menor prendia entre os dedinhos o tecido do moletom da outra, fungando alto e abafando seu choro contra o tecido. Tudo o que Louis tinha medo era que Harry se decepcionasse, tantas vezes eles foram lembrados por Anne até Jay sobre terem filhotes, tantas vezes eles faram sobre terem seus filhotes apenas em alguns anos, e Louis estragou tudo, não lembrando-se de suas pílulas, então engravidando, ele tinha medo de que seu alfa achasse-o descuidado, e que o fizesse desgostar de seu filhote porque o menor o teve quando não era para ter, o que é claro que Harry jamais faria, Gemma sabia que seu irmão provavelmente iria enfartar com a ideia, e que se ele não pulasse do telhado da casa por estar extremamente feliz, então ele sairia gritando pela vizinhança que seu ômega estava gravido e que eles teriam um filhote, porque Harry iria enlouquecer, completamente, ele amaria Louis ainda mais, se possível.

➹ Begin ✽ aboLeia esta história GRATUITAMENTE!