Capítulo 49.

4.4K 293 39

Alice.

— Sem pro...Alice?—Olho pro rosto do..

— Nicholas ?— Falo surpresa.

— Meu Deus, quando tempo.— Responde sorrindo. Bom, resumindo, eu gostei do Nicholas, enquanto o Guilherme tinha se afastado de mim. Ele sempre foi meio cafajeste e teve uma vez que eu fiz a burrada de me declarar pra ele, e sabe o que ele me falou? Que eu era muito criança pra ele. Me fodi? Muito, mas to viva.— E você cresceu.— Me olha de cima em baixo.

— Pois é, não iria ficar criança pra sempre né.— Respondo grossa e ele ri.

— Puta que pariu, cê ta muito gata.— Chega mais perto.

— Obrigada, mas preciso ir.— Afasto ele com a mão.

— Mas já?— Pergunta.— A gente mal conversou, e quem sabe..

— Algum problema amor ?— Davi pergunta ficando atrás de mim. E quando olho pra ele, vejo-o encarando o Nicholas.

— Ahm, nenhum.— Digo — Eu só entornei meu refrigerante no Nicholas sem querer..

— Hum.

— Davi, esse é o Nicholas, meu amigo, e Nicholas, esse é meu namorado, Davi.— Falo e o Nicholas me olha surpreso.

— Prazer.— Estende a mão pro Davi apertar. O que não acontece, pois o Davi ignora totalmente ele e pega na minha mão.

— Vamos amor?— Me pergunta.

— Aham, bom, desculpa mais uma vez e foi bom te reencontrar... Nos vemos por ai.— Dou um tchau pra ele, enquanto o Davi me puxa de leve pela mão.

— Falow.— Da tchau também.

Quando já estamos um pouco distante do Nicholas, o Davi me para.

— Quem é aquele abusado, desgraçado, corno que tava dando em cima de você?— Me pergunta irritado.

— Como eu disse: Um EX amigo.— Respondo cruzando os braços.

— Ex amigo... Sei.

— Afs, para de ciumes besta, eu gosto de você caramba, quantas vezes vou ter que te dizer ? — Pergunto mas ele não olha pra mim.— Em Davi ?

— Alice...

— Dii?— Uma voz de menina surge atrás de mim.

— Alexia ?— Pergunta surpreso e eu me viro pra ver quem é a puta da vez.

— Quanto tempoo.— Diz dando um gritinho de puta, indo abraçar o Davi. Quando solta ele, ele me olha e eu levanto uma sobrancelha.

— Pois é. — Diz.

— O que faz aqui ?— Pega no braço dele. Ah, mas se essa puta continuar com toda essa intimidade eu vou dar na cara dela.

— Vim pra chácara do meu sogro, junto com minha namorada e meus amigos.— Responde.

— E cadê sua namorada que deixou você, um gato desse aqui sozinho.- Da um beijo próximo da boca dele e meu sangue ferve.

- Olha a intimidade garota.- Tiro a mão dela do braço do Davi.- EU sou a namorada dele, e acho que já aturei você tempo demais, atirada. É puta mesmo né. Se ele disse que tinha namorada por que continuou assim? Vai caçar um namorado em vez de ficar dando em cima do namorado dos outros.

- Iii, grossa.. Não me chama de puta não, por que eu não pedi pra você deixar seu namorado sozinho.

- Eu tava do lado dele o tempo todo, se você não percebeu e mesmo se eu não estivesse, você não teria o direito de dar em cima dele. E cala a boca se não quiser ter essa sua cara de galinha morta, ralada no asfalto.- Me irrito.

- Ei, parou as duas.. Alexia vai embora por favor ?

- Mas Dada...

- Depois a gente se fala.- Diz e ela vai embora, mas antes, quando vai dar um beijo no rosto do Davi de novo, eu coloco o pé na frente e ela bate com a cara na água da praia.

- Ai desculpa, só achei que você deveria estar no seu habitat natural. Piranha.- Digo saindo dali e o Davi segura o riso.

- Alice, espera.- Ele vem atrás de mim. Odeio que me estressam, eu saio dizendo coisas que não deviam, e aquela garota me tirou do sério. - Amoor, ei, espera. - Davi me alcança.

- Davi.. Quem era aquela garota?

- Minha ex.- Ele diz meio receioso.

- Ah sua ex.- Dou uma risada fria.- Ela quase beijou na sua boca e se eu não tivesse interferido, ela iria mesmo, e você nem teria feito NADA.- Falo a verdade.

- Alice, ela é minha EX, você é minha ATUAL e quem eu amo. Eu não iria deixar ela passar daquilo.

- Claro que não... Sinceramente? Tenho minhas duvidas. - Digo cruzando os braços.

- Você nem pode falar nada, por que aquele tal de...

- Ele só deu em cima de mim e nem confiança pra ele eu dei..

- Alice..

- Davi.. Melhor eu ir andar um pouco, depois a gente se fala.- Na hora que eu vou ir andar, ele pega na minha mão, mas eu nem me dou o trabalho de olhar pra ele e solto ele, indo pro bar de novo.

Eita q povo ciumento rsrs #AliceBarraqueira kkk Mas confesso, tbm daria um chilique se fizessem com meu namorado, o q a Alexia fez. Acho q faria até pior hehe. E vcs?

Apaixonados por Acaso (EM REVISÃO)Leia esta história GRATUITAMENTE!