Capitulo 16 - Reversão

427 61 5

Retorno para casa e Jack já não está mais ali.

—Ah meu Deus quem é você? O que fizeram? —Grita Júlia na cozinha, corro alarmada.

—Desculpa Vitória John me atingiu! —Diz o índio com uma estaca de madeira travada no ombro.

—Julia cuide dele! Eu vou atrás de Jack.

+++

Saio correndo procurando o cheiro de Jack, avisto ele entrar na casa de Alan.

—NAO! —Grito esforçando-me para impedir, mas já chegou tarde, ele já está ao lado de dentro e não posso entrar pois não fui convidada.

—A troca —Alan joga Dodge ao lado de fora.

—O que vocês querem? —Pergunto entristecida pois já sei que perdi está luta. Ele sorri com minha derrota.

—O QUE VOCÊS QUEREM? —Grito.

—Joe cite o acordo. —Informa Alan.

—É um prazer conhecê-la princesa! —Diz ele cortesmente. Sinto cheiro de lobo, sei que ele é um. Olho para Dodge ensanguentado ao chão soltando levemente suas lágrimas ridicularizado. Sei que ele não é filho de Joe, mas é muito para Dodge lidar, opto pelo silêncio e obediência.

—Queremos Gabriela e em troca devolvemos Aly. Depois você terá que passar a casa para nosso nome e aí liberto Jack. Está de acordo alteza? —Apenas balanço a cabeça concordando. Pego Dodge colocando meus braços em seu pescoço e o levanto. Seguimos para casa deixando nossos prantos cair levemente pois já sabemos que nossa luta acabou.

—O que houve? —Pergunta Júlia abrindo a porta da nossa casa. Balanço a cabeça negativamente.

—Perdemos a casa! —Digo.

—Venha eu cuido de você! —Julia leva Dodge para cuidar dos ferimentos.

—Eu tenho uma ideia. —Digo ao índio.

—Eu quero fazer!

—Vamos reverter as trocas. Primeiro eu entrego a casa e peço Jack, em seguida entrego Gabriela e pego Aly. E aí partimos para segunda parte. Destruiremos a casa e o livro.

+++

Desloco-me de um lado para o outro angustiada.

—Vitoria pare! Eu sei que está ocultando algo. Me diz logo o que é, talvez eu possa colaborar. —Pede minha irmã Júlia.

—Tem um livro. Se encontrarmos podemos ficar com a casa.

—Espere é só por isto que vamos perder a casa? Por causa de um livro?

—Não é um livro qualquer! Eles o querem muito! Talvez seja valioso de mais como dinheiro ou ouro! —Informa Dodge.

—Eu tenho uma ideia. —Diz o índio.

A proposta dele foi brilhante, extrair todos os móveis da casa, porém não muito vantajosa, pois mesmo com a casa limpa não encontramos desfecho algum. Enraivecido puxo o tecido da mesa soltando todos os pratos e talheres ao chão. Cato os copos que estão na caixa e atiro contra as paredes.

—Vitória controle-se! —Grita Julia.

—Me controlar? ELES ESTÃO COM ALY E JACK E AGORA VAMOS PERDER NOSSA CASA, E VOCÊ QUER QUE EU ME CONTROLE? ESTÁ FALANDO SÉRIO? —Grito lançando mais copos.

—E você vai render-se? Temos que raciocinar! Não estamos procurando adequadamente! Pense Vitória não está nos móveis ainda está lá dentro. —Explica Júlia.

Híbrido - O Despertar Leia esta história GRATUITAMENTE!