até logo.

6.8K 410 13

-lembra quando nós tentamos passar trote, mas acabou ligando para o tio do Thiago que era policial?
-o se lembro me fudi bonito por causa daquilo.
- e quando passamos ketchup na cara do matheus e ele ficou com alergia.
-fiquei com umas bolota na cara por 1 semana.
- quando isa caiu no meio do pátio da escola e todos nós caímos também para ela não passar vergonha.
-lembro sim, cara aquele dia foi foda.

Nós estavamos lembrado de tudo que já passamos nesses 15 anos, sim nós conhecemos ah 15 anos, nossos pais sempre foram muito amigos consecutivamente os filhos também são.

Isa- tantos micos, tantas palhaçadas, tantas promessas, tantas desavenças, muitas coisas aconteceram nesses 15 anos não tem como negar que vocês são metade da minha vida já que me acompanham desde sempre, e espero que isso tudo, dure a eternidade.
Matt- e que a eternidade nunca acabe- me abraçou de lado.
Isa- Clara, Thiago, matheus, Stephane, eu amo vocês obrigado por serem esses animais que sempre me apoiaram em tudo.

Não tinha um na mesa que não estava emocionado.

Thi- nós também te amamos coisa feia.

Eles me abraçam agora não tinha um que não chorava.

Já era tarde então decidimos ir para casa, meus amigos estavam tão atenciosos.
Gostava disso.

Isa- tchau meus amores- abracei cada um- vejo vocês no aeroporto amanhã.

Enquanto eu andava em direção a minha casa e eles a suas, nós nos olhavamos algumas vezes e isso tava muito filme, adorava isso.

....

Agora são 6:00 e sim Eu acordei cedo Sozinha! Milagre de Deus.

Pena que não era por uma boa causa.

Fui para o banheiro coloquei um vestidinho rosa e sapatilhas iria ficar bastante tempo no avião, teria que ficar o mais confortável possível.

Enquanto descia as escadas para tomar café, lembrei dos beijos, de quase derrubar luke daqui, de como foi difícil carregar ele bêbado entre outras coisas como vou sentir falta disso.

Eu queria deixar algo para que ele se lembrace de mim algo físico não só lembranças.

Isa- tia onde tem, papel e caneta?
Suzy- dentro do armário.
Isa- obrigado.
Suzy- mas é para que?
Isa- coisa minha tia.

Subi para o meu quarto e comecei a escrever, acho que nunca tinha escrito algo tão sincero na minha vida.

-acabei, agora só preciso de um envelope, acho que tem um por aqui.

Comecei a abrir umas gavetas da minha escrivania.

-achei, coloquei minha pequena carta no envelope e desci correndo.

Mike- onde você vai, nessa correria garota?
Isa- coisa minha Mike.

Abri a porta e logo depois que fechei aquela euforia toda desapareceu.

"Será que to fazendo a coisa certa?"

Claro que sim.
Mais e si...
Mais nada! Vai e entrega a carta agora.

Respirei fundo e andei devagar até a porta da casa de Luke, procurava coragem.

Apertei a campainha.

E quem abriu foi uma moça já de idade, loira e um pouco curva.

-o que gostaria?

Isa- posso falar com luke?

-ele esta dormindo.

Isa- não tem problema, eu só quero entregar isso- mostrei a carta.

- OK só não acorda meu menino.

Fui ate seu quarto, e antes de abrir a porta dei mais um longo suspiro.

Abri a porta devagar, e encontrei Luke dormindo apenas de cueca box branca.

-que visão.

Foco Isabel, foco.

Fui ate seu criado mudo, e coloquei a carta em cima do seu celular, com cuidado para que ele não acordase.

Caminhei devagar até a porta mas antes de abrir ouvi ele me chamar.

Luke- isabel? Disse ainda sonolento.

me virei devagar.

Isa- oi.

Ele não respondeu e voltou a dormi.

Sai do quarto, e corri rápido em direção a porta, quando sai minha tia mike e amigos, me esperavam na porta de casa.

Suzy- vamos?

Olhei pela última vez para a janela do qurto de luke, e a tristeza bateu.

Isa- vamos.

Foram 2 taxi no primeiro estava as malas tia Suzy e John no segundo eu Mike e meus amigos.

Chegamos um pouco atrasado por causa do trânsito então fomos direto despachar as malas e fazer o check-in

Nós ficamos conversando sobre assuntos aleatórios.

Até que nós ouvimos a chamada para embarcam os.

Começamos a nós despedir.

Isa- tchau matt- eu te amo meu tímido.
Matt- tchau pequena- tbm te amo.
Isa- tchau cla- eu te amo minha loira.
Cla- tchau minha morena- tbm te amo.
Isa- tchau thi- eu te amo grandão.
Thi- tchau pirralha eu também te amo.
Isa- tchau steh- te amo minha ananzinha.
Steh- tchau isa- também te amo, gnoma.

Pronto já tinha me despedido de todos, mas meu coração ainda doía. e Luke?

Última chamada para vôo 784 Flórida.

Suzy- vamos meu amor?
Isa- hrun -sequei algumas lágrimas, peguei minha bolsa e fui sai andando.

Olhei algumas vezes para trás com esperança de ver luke, mas ele não estava lá.

Quando já estava desistindo olhei para trás e vi luke correndo ate com um buquê de rosas.

Soltei minha bolsa e corri até ele.

Ninguém falava nada, era apenas um abraço apertado no meio das lágrimas.

Lucas quebrou o silêncio.

Luke- eu te amo Amorzinho.
Isa- eu também te amo.

Nós separamos mas continuamos perto, sequei algumas lágrimas dos seu rosto.

Isa- até daqui 2 anos.
Luke- eu vou te esperar.

Demos um último beijo.

Peguei meu buquê, e sai dali com o coração na mão.

Olhei para trás uma única vez, e luke estava no mesmo lugar, com as mãos no bolsos e os olhos lacrimejando.

******
fim! :(
(Próximo capítulo vai ser bonus, que é a carta que a Isabel escreveu e a reação de luke ao ler)

ironias do amor (em revisão)Leia esta história GRATUITAMENTE!