Capítulo 02

73 2 0

P.O.V Jake

Acordei e Anne ainda estava dormindo. Ela é linda, dormindo, sorrindo, com vergonha... De qualquer jeito, ela é perfeita; tirando a parte que ela é virgem, ela é perfeita.

Eu nunca chamei uma garota de perfeita. Se fosse outra eu provavelmente a chamaria de gostosa não de perfeita. Mas a Anne não, sei lá, ela só é perfeita.
Eu só não posso estar apaixonado, não Jake você não está apaixonado, ela só é mais uma!

Depois de um tempo observando ela dormir, eu me levantei e fui ver meu celular, eram nove e meia. Então tirei a roupa de Isaac e coloquei a minha, fiz um bilhete coloquei meu número e deixei em cima da tela do celular dela. Abri a porta devagar pra não acorda-la, desci as escadas e sai da casa.

P.O.V Anne

Acordei olhei pro lado e Jake não estava mais aqui. Levantei e fui ver meu celular eram dez e quinze e tinha um bilhete.

"Olá, não quis te acordar!
XX xxxx-xxxx, me manda mensagem depois, pra mim salvar seu número.
Tenha um bom dia..."
Li rápido e soltei um sorriso quando terminei de ler.


Desci pra comer algo...
Comi um pedaço de bolo de chocolate. Não vi o Isaac, fui no quarto dele e ele estava dormindo. Não vou acordar ele porque ele deve estar super cansado.

Fui pro meu quarto e resolvi mandar uma mensagem pra ver como a mãe da Jade esta.

~MESAGEM ON~

Anne: Oi best... Como você está? Como está sua mãe?

Best: Oi friend... Eu tô cansado MUUUTO cansada... E minha mãe está hospital com minha tia...

Anne: Mas o que ela tem amiga?

Best: Friend ela está com câncer... CÂNCER amiga... Eu estou sem chão... O médico disse que ela pode morrer daqui dez anos ou amanhã... Amiga eu juro que se minha mãe morrer eu me mato também...

Anne: OMG... Amiga calma... Eu estou indo pra sua casa amiga... Relaxa tenta ficar bem... Bjos já já estou aii...

Best: Vou tentar :'(  Te espero bjokas

~MENSAGEM OFF~

Tomei um banho de uns cinco minutos, coloquei um short uma blusa da 1D, peguei minha bicicleta e fui.

Cheguei e estava tudo muito quieto. Toquei a campainha e nada, toquei umas três vezes e ela nem deu sinal de vida. Então resolvi pular o portão, minha bicicleta ficou do lado de fora mesmo.

Entrei na casa que estava destrancada.

- JADEEE CADE VOCÊ? - Digo olhado pra todo lado.

- Tô aqui amiga - Ela disse com voz de choro, ela levantou a mãe, ela estava deitada no sofá.

Fui até ela, sentei no chão perto do sofá e fiquei acariciando os cabelos dela.

- Amiga como você está? - Perguntei quase chorando com ela. Mas ela não respondeu só olhou nos meus olhos e isso me fez chorar com ela - Amiga vai ficar tudo bem ... Eu prometo.

- Anne... Eu ... Eu não sei o que vai ser de mim sem minha mãe. - Ela disse ao se sentar no sofá e eu me sentei ao lado dela, coloquei a cabeça dela em minhas pernas.

- Amiga só pra te lembrar ela não morreu, você mesmo disse que ela pode morrer daqui dez anos. Então ignore esse câncer, isso não vai te impedir de enxugar essas lágrimas colocar um sorriso no rosto e ir naquele maldito hospital falar pra ela o quanto a ama. - Eu disse e ela levantou a cabeça e sorriu enxugando as lágrimas

- É por isso que eu te amo sua chata. - Ela disse e me abraçou

- Eu sei que você me ama best, agora vai logo se trocar pra gente ir no hospital - disse ou sair do abraço.

- Tá vou me trocar já volto - Ela disse eu assenti com a cabeça e ela foi correndo pro seu quarto.

Uns dez minutos depois ela voltou. E nós fomos.   Quando chegamos lá a moça disse que eu não ia poder entrar porque eu não era da família, então fiquei na recepção mesmo enquanto a Jade foi falar com a mãe dela.

Depois de uns trinta minutos ela voltou com algumas lágrimas no rosto acompanhadas de um sorriso.

- Foi a melhor coisa que você já fez por mim - Ela disse ao se sentar ao meu lado

- O que? O que eu fiz amiga? - Eu disse dando uma de desentendida só pra ouvir ela dizer que sou a melhor amiga do mundo.

- Você me convenceu a vir aqui falar com minha mãe e foi a melhor decisão que você me convenceu a tomar em toda a minha vida. Você é a melhor amiga do mundo - Ela disse e me abraçou

- Eu sei best - Disse saindo do abraço e rindo de leve.

- Eu tô com fome e minha tia falou que ia ficar aqui com ela e que eu podia ir pra casa - Ela disse levando do banco.

- Vamos pra minha tá?! - Eu disse me levantando e andando junto com ela. Jade fez que sim com a cabeça e nos fomos.

Quando chegamos em casa meu irmão estava lá e Jake também, ele ficou me fuzilando com o olhar e eu fiquei vermelha, pelo que aconteceu ontem sem eu nem ter conhecido ele direito e pelo jeito que ele me olhou também.

- Oi Isaac! Oi menino que esqueci seu nome - Jade disse ao entrar

- Oi como tá sua mãe? Como você tá depois da notícia? - Isaac perguntou com um tom de voz preocupado

- Que notícia? - Jake perguntou ainda me olhando.

- Nenhuma! Vamos Anne eu estou com fome. - Jade disse e saio me puxando até a cozinha.

- Porque você não quis comentar? - Eu disse ao pegar um copo d'água pra mim.


- Porque ainda não é o momento, e se eu descobri que você falou para alguém você pode esquecer que você me conhece - Ela disse olhando no meu olho


- Mas porque?

- Porque eu não sei se minha mãe quer que alguém saiba e prefiro que ela conte - Ela falou e comeu um pedaço de bolo

- Tá bom então né, eu vou tomar um banho se você quiser me esperar aqui pode ficar. - Disse saindo da cozinha e indo pro meu quarto.

Cheguei lá em cima e fui direto pro banheiro. Fiquei lá uns quinze minutos. Sai do banheiro e vesti um vestido e fiquei descalço mesmo.

Desci as escada e ouvi um parte da conversa de Isaac e Jake.

- Tá bom. Só que a Anne não pode saber de nada. - Eles disseram baixo mas alto suficiente pra que eu pudesse ouvir

- O que eu não posso saber? - Eu disse desconfiada

---''---''---

Oi... Mais um capítulo... Por enquanto não tem muitas visualizações mas obrigado por vocês que leram.
Votem, Comentem e compartilhem...
Bjokas amores meus.

Obs.: Anne na foto.

O melhor amigo do meu irmãoLeia esta história GRATUITAMENTE!