Capítulo 47.

4.4K 298 24

Alice.

— A gente já chegou, pai? — Pergunto depois de uns 10 minutos acho.

— Não.— Responde.

— Hum... E agora?

— Não.

— E agora?

— Não

— E agora ?

— NÃO.— Grita.
— Ok, não precisava gritar.— Falo.— E agora ?— Pergunto e ele revira os olhos.

— Já.

— SÉRIO ?— Grito me preparando pra abrir a porta do carro.

— Não.— Fala e eu Bufo de raiva.

— Paie eu to com fome.— Choramingo.

— Eu sei Alice.— Diz.— Chegamos.

— Aleluiaa, glórias senhor.— Falo e eles riem. Saio do carro observando o lugar e de repente começa a passar umas imagens na minha cabeça. 

Flashback 

Não mãe assim não vale.— Reclamo parando de correr, colocando a minha pequena mão na cintura.

Ah vale sim, né amor ? — Pergunta ao meu pai.

Hã ?.. Só um minuto, to resolvendo um negocio do trabalho.— Meu pai diz e volta a falar no telefone. Volto a atenção a minha mãe, que se senta na grama.

Se eu soubesse que iria ficar resolvendo coisas do trabalh teria ficado em casa mesmo.— Ela fala e eu me sento do lado dela a abraçando.

Fim de Flashback

— Alice ? Terra chamando Alice...— Davi passa a mão na frente do meu rosto.

— Oi.— Dou um tapa na mão dele.— Que foi ?

— To te chamando a quatro horas ! Bora entrar ? 

— Ah, aham.

— Então vem.— Me puxa pela mão, me levando pra dentro de casa.

— ALGUÉM QUE POSSA ME DAR COMIDA ? — Chego dentro de casa falando.

— Se olharmos pro lado malicioso...— Davi diz e eu rio.

— Vai se foder Davi.— Digo rindo.

— Só se você vir junto.

— Vai sozinho.

— Não tem como...

— Ooouw, vamos parar com a putaria ? Obrigado, de nada.— Bia diz e a gente ri.

— Cheguei povo que sentiu minha falta. — Karol entra se jogando no sofá, do nosso lado.

— Tem certeza que não entrou na casa errada ?— Davi pergunta.

— Tenho, por que ?

— Por que eu não me lembro de ninguém sentindo sua falta.— Eu começo a rir e a Karol manda o dedo do meio pra ele.

— Vai foder a Alice vai.

— Eei, me põe fora disso ai.

— Seu namorado ta bem engraçadinho, né Alice ?! — Cruza os braços.

— Tadinho, deixa ele.— Beijo o rosto do Davi, abraçando ele de lado, que ri.

— Fooooomeeeeeee.— Adam diz.

— Somos 2 criatura de Nárnia.

— 3 — Davi diz.

— 4 — Dessa vez a Bia.

— Somos 5. — Caio diz, sentando no meu colo.

— Dei intimidade ? — Pergunto e ele da ombros.

— Somos 6, sei nem de que mais somos.— Rafa entra dizendo e a gente ri.

— Você é pesado, sabia ?! Gordo.— Dou um tapa nas costas do Caio.

— Sabia, isso...— Aponta pra ele mesmo.— É puro excesso de gostosura amor.— Diz e a gente ri.

— Deixei ?— Davi pergunta.

— O que ?

— Chamar a MINHA namorada, de amor ?

— Ai tadinho, ta com ciúmes, também te amo bebê. — Fala e eu gargalho.

— Amor, como assim ta me traindo ?— Rafa entra na brincadeira, falando com uma voz super fina.

— Naquela noite eu te disse, sou de todos amor.— Caio responde.

— Eu sabia, você só queria me iludir. Você me prometeu um mundo de nutellas... Te odeio Caio.— Rafa finge um choro e assim fomos rindo o resto da tarde. Esse povo tem um sério problema, mas são meus amigos e são os melhores que eu poderia ter.

Gentee, eu tinha postado um aviso no perfil dizendo q meu teclado tinha estragado e eu escrevia pelo celular, então eu iria ficar um tempo sem postar e blá blá blá.
Então, vcs são uns putos de sortudos ou foi muita oração pq meu teclado voltooooooou eeeeeeeeh, então vai ter mais cap... EEEEEEEEEEH shaishiaa parei.
Beijoooos, amo vcs

Apaixonados por Acaso (EM REVISÃO)Leia esta história GRATUITAMENTE!