Capitulo 46

5.1K 327 38

Capítulo não revisado

Leiam os avisos finais que são muito importantes,  obrigadaa.

Alice.

    Nos dividimos nos carros, e quando ia ir direto pro carro do Davi,meu pai fala :

— Oque ?! Não, você não vai mesmo no carro do Davi.

— Mas pai...

— Sem mais .— Diz e eu cruzo os braços revirando os olhos.
   
     Bom, acho que daquela vez que tentei atualizar vocês por esse 1 ano. Acabei esquecendo de algumas coisas.. Eu voltei pra minha casa - óbvio por que não iria viver na casa do Davi - com meu irmão e meu pai. Continuei minha faculdade depois desse dia,pois não estava mais aguentando ficar Zanzando pela casa feito zumbi, e acho que foi uma péssima escolha,já que agora a preguiça está tomando conta de mim. Voltei as minhas aulas de ju-jitsu, e agora também estou fazendo muay thai, nunca achei que fosse gostar tanto de artes marciais.
Comprei um skate e ta sendo um hobbie bem relaxante, confesso, me ralei toda no começo, mas depois fui pegando o jeito.
Agora com essa semana de férias, resolvemos viajar, dar um tempo,descansar,é bom.

— Ok.— Davi ri.— Quem vai no meu carro ?— Pergunta e começamos a discutir. Inclusive eu, mas não teve jeito. Foi eu, Sabrine,Adam e  Bia,no carro do meu pai. - Quando soube tratei logo de correr, pra me sentar na janela. Posso estar com 89 anos,eu sempre vou continuar fazendo isso.
No carro do Davi , foram Rafael e Karol. Com o Rafael dirigindo.
E no carro do Leo, Allana e Caio..  
    Dei um beijo no Davi,antes de ser arrastada pela Bia pra dentro do carro.  Meu pai deu partida e logo chega uma mensagem no meu celular.

"Já to com saudades,acho que a ideia de ficar uns minutos sem você está deletada rs

  Davi "  

Faço a maior cara de boba lendo a mensagem, e a Beatriz logo percebe.

— Que foi ?— Pergunta e eu apenas viro o celular pra ela, que lê a mensagem . — Awn que fofo.

— Até demais.— Digo rindo e respondo.

” Que gaaaaay, vou me jogar da janela do carro depois disso kkk Ook, parei.

Da linda e perfeita Aly rs"

  Minutos depois, recebo a resposta.

"Já era de se esperar vindo de você né linda e perfeita Aly kkkk. Pode falar que foi fofo vai , assume, isso não vai te deixar menos mulher não bb rss"

" Sei que não, mas é gay mesmo, pq você é um gay bebê

* imagina eu apertando sua bochecha

   Aly "

" Isso sim seria gay, ser fofo é bem diferente de ser gay, ok ?!
Obrigado , de nada.

   Davi"    Rio da mensagem, pensando em algo pra responder.

" Ok, acho que  estou com fome " Falo.

" JÁ?! Só faz 10 MINUTOS que a gente saiu de casa Alice. Acho que você tem um leão,invés de um estomago, serião "

" Minha fome é de uma pessoa normal pra minha idade, não sou anêmica igual você ok !? "

" AHAHAHAHAHA tadinha, iludida. Não engorda de ruim."

" Aqui, vamos parar de falar do quanto eu como. Obrigada "

— PAI, TO COM FOME.— Grito e ele tampa o ouvido com uma mão, por estar dirigindo com a outra

— Alice minha filha, eu sou velho, mas não surdo— Ele diz e a gente ri.

— Continuo com fome. — Digo.

— Já estamos chegando, falta só dez minutos.

— DEZ MINUTOS ? — Grito. — É muito pra minha fome pai, vamos parar pra comer por favor nunca te pedi nada. — Resolvi entrar na onda do Luba - Youtuber - mas sim, eu já pedi tantas coisas pro meu pai que nem me lembro mais.

— Sabe que já pediu, e muito né minha filha ? — Rimos.

— Abafa. — Meu celular apita outra mensagem.

" Momento cantada :::::::
    Gata, você é uma fritura?  Por que eu só tenho óleos pra você . kdhskdhakwjw que merda

Davi."   Quando li, eu comecei a rir desesperadamente e eles me olharam como se eu fosse louca.

— Já sei, o Davi não é ?! — Meu pai pergunta.

— Sim. — Digo parando de rir.

— Começando a me arrepender de ter aceitado esse namoro. — Ri.

— Sem drama pai. — Reviro os olhos rindo. E respondo a mensagem :

    "  MEU DEUS QUE MERDA DJSHDKDHWKDHWK PQ TO RINDO DISSO PAI.
Ainda bem que você sabe cozinhar e cuidar das pessoas, pq vc não é muito bom nessas coisas de... sla oque.

#Serião.

  Aly"

— Pai, minha barriga clama por comida. Sinto meu estômago tomando todo sangue que eu tenho, e comendo as tripas no almoço e meu fígado de sobremesa. — Falo e eles começam a rir.

— Já estamos chegado,calma. — Ele diz e eu deito a cabeça no ombro da Bea.

— To calma.

— É,pensando bem,pro jeito que você é cê ta bem calma mesmo. — Adam se pronuncia e nós rimos.

— Para de estragar meu filme pirralho. — Dou um tapa na nuca dele.

— Irmãos. — Bea revira os olhos e rimos.

Eai pessoas do meu core, como vão ?!
Eu vou com muita preguiça,  mas vou.
Gostaram do capítulo ? Votem e cometem ai o que vocês acham que deve ou não mudar aqui no livroo. Pode expressar o quanto quiser tua opinião ook?!
Beijoooos

Apaixonados por Acaso (EM REVISÃO)Leia esta história GRATUITAMENTE!