▩ Chapter XXXI.

26.9K 1.7K 2.1K

Is it so wrong? That you make me strong (⁎⁍̴̀ ⁍̴́⁎)

-

"Oh, hm...porra." Louis cavalgava sobre o maior. Harry estava deitado na grama e Louis em cima dele, acima dos ombros do menor um cobertor os protegendo da geada gélida, as mãos do alfa sobre as bandas da bunda sentindo o músculo do traseiro de Louis se apertar junto da carne ao que o ômega subia e descia em seu pau. As costas do alfa pinicava contra a grama, porém a sensação de ter Louis montado sobre ele encobria qualquer desconforto.

"Oh, isso babe, cavalga no meu pau." O maior disse rouco, Louis tinha as mãos ao lado do rosto do maior, as costas pendiam para frente, enquanto a bunda grandiosa subia e descia, ou as vezes, o menor rebolava, com a cabeça estirada para trás e os lábios entreabertos, suas bochechas coradas e o cabelo suado na testa, Harry não muito diferente, o rosto avermelhado, lábios inchados, o cabelo todo despenteado, enquanto ele tinha as mãos agarrando a carne da bunda de Louis deixando marcas e vergões rubros e ressaltados na pele macia e dourada, impulsionando o menor mais forte e ora mais lento, as veias do pescoço do alfa todas dilatadas ao que ele às vezes se apoiava sobre os calcanhares para dar uma investida mais funda do menor.

O braço direito do alfa laçou a cintura do ômega, puxando-o para cima de seu tronco e Louis deitou-se sobre Harry e infiltrou a cabeça em seu pescoço, lhe beijando a pele da região e chupando a cada nova estocada, com a outra mão, a esquerda, o cacheado agarrou entre os dedos com força a banda da bunda proeminente do menor, estapeando em seguida e acariciando onde seus dedos ficavam marcados em um tom rubro e inchado. O menor gemia cansado contra a orelha do maior, sentindo o corpo em combustão e cansado, o alfa passou a estocar o menor assim que Louis parou de rebolar, usando os pés para dar-lhe impulso e ajudá-lo a meter dentro do menor, o mais fundo que conseguia, e tendo como motivação os gemidos tão manhosos, finos e prazerosos que Louis emitia contra sua orelha, chupando com a saliva escorrendo de seus lábios para a pele do alfa, melando-o. Harry foi o mais fundo e suas bolas bateram contra a pele avermelhada dá bunda de Louis ao mesmo tempo que acertou em cheio a próstata do ômega que deixou sair rasgando pela garganta um gemido tão alto e tão pidonho, sentindo a glande do alfa pressionando sua próstata e a descarga de prazer por todas as suas células foi eminente, fazendo-o tremer e subir e descer com o quadril novamente, mais e mais, sentindo a barriga urgir e os músculos contraírem ao que ele se aproximava de gozar.

E Harry, motivado pela resposta corporal de Louis, lhe deu outro tapa na bunda e se deliciou olhando sobre o ombro do menor a bunda grandiosa movimentar-se e ao que a carne de contraia, acima do quadril as covinhas apareciam no fim da espinha de Louis. O alfa beijou o ombro do menor, mordendo sua pele e depois passando a língua quente sobre todo o hematoma que acabara de fazer, louco ao que o anel de músculos de Louis se contraia apertando seu falo e lhe dando repuxões no músculo de sua barriga e a pélvis fisgando, também próximo de liberar toda sua porra.

"Hm, você gosta do meu pau assim em você? Uh?" Harry murmurou com o tom de voz rouco, estocando repetidas vezes rápido e forte, agarrando com as duas mãos os lados da bunda de Louis, com o cobertor sendo jogado ao lado dos dois e não servindo mais para nada já que seus corpos estavam fervilhastes e agitados o suficiente. Louis gemeu alto e esfregou os lábios contra a orelha do cacheado, rebolando o quadril ao que o aperto em sua barriga aumentava junto da glande inchada do maior apertando seu ponto doce, então Louis esticou o tronco sobre Harry mais uma vez, com as mãos pequeninas ele espalmou o peito do alfa, jogando a cabeça para trás e liberando-se, em jatos finos e espirrando contra o estômago do alfa e um pouco em seu próprio queixo, com um gemido fino e cansado, ele caiu por cima de Harry mais uma vez.

➹ Begin ✽ aboLeia esta história GRATUITAMENTE!