Sorri ao ver Marina dormindo tranquilamente, era difícil vê-la baixando suas defesas. Mesmo dormindo sentia que ela ainda me mantinha longe...

Levantei da cama fazendo o mínimo barulho possível. Hora de acordar!

Fui pro banheiro e deixei a água gelada escorrer pelo meu corpo me acordando e me arrepiando inteiro. Voltei para o quarto só com a toalha na cintura e percebi que Marina tinha acordado.

Deixei a toalha cair e peguei na gaveta uma cueca boxer preta, mexi em meus cabelos molhados, tirando um pouco da água, e fui até sua penteadeira.

Peguei meu perfume, aquele que eu sabia que ela adorava e enquanto espirrava um pouco no meu corpo, olhei para ela pelo espelho.

-Bom dia. -Sorri ao ver suas bochechas vermelhas. -Dormiu bem?

-Dormiria melhor se estivesse na minha casa! -Suspirei e dei de ombros, essa atitude era normal. Sempre grossa, sempre durona... Quem a vê assim nunca imaginaria que ela chora a noite e se aconchega nos meus braços em busca de carinho. Que adora quando eu lhe dou chocolate e que morre de vergonha, mas adora pedir, pra sentar no meu colo.

-Essa é sua casa, docinho. -Sentei-me ao seu lado, ela cruzou os braços e fez bico. Sorri diante da sua atitude de criança. -Vem cá...

Ela se sentou no meu colo e colocou a cabeça no meu peito.

-Eu odeio você! -Sussurrou.

-Odeia mesmo? -Perguntei fazendo carinho em seus cabelos. -Eu acho que não odeia... Acho que você só fala isso para se iludir. Você foi obrigada a casar, você não me conhecia... Mas agora, já estamos a 7 meses juntos, bebê.

Ela sai dos meus braços e anda batendo o pé, até o banheiro. Fiquei surpreso de como a porta não quebrou quando ela a bateu.

Levantei da cama e desci até a cozinha, preparei o café para nós e arrumei a mesa. Não liguei muito para a sua atitude. Toda manhã era a mesma coisa.

Ela desceu com um vestidinho quadriculado, seus cabelos estavam soltos e ainda tinha a expressão emburrada no rosto.

-Acho que eu te mimo demais... Está merecendo uns tapas nessa sua bunda empinada. -Ela corou e eu sorri, essa é a minha garota!




Capítulo publicado no dia 05 de junho de 2016 e  revisado no dia 02 de Dezembro de 2018.

Toma-Me/ Série Martevonny. [EM REVISÃO] Leia esta história GRATUITAMENTE!