Ironias do amor

10K 600 15

Ele me colocou no colo e atravessou a cachoeira, atrás tinha uma uma caverninha.

Isa- me trouxe aqui por que?
Luke- eu queria ficar um pouco mais com a minha namorada uê.

Ele estava encostado na parede e eu nos seus braços acariciando seu peitoral enquanto ele me fazia cafuné.

Até que ele soltou um rissinho fraco.

Isa- ta rindo do que demente?
Luke- nós vivíamos em pé de guerra e agora estamos aqui, namorando.
Isa- o muleque que eu mais odiava na fase da terra é o menino que eu mais amo agora.
Luke- vai entender esse destino- ele se arrumou para que eu ficasse mais confortável.
Isa- ironias do amor.

Depois de algum tempo conversando e se pegando hahaha, nós decidimos voltar.

É para nosso azar demos de cara com Cecília.

Cecília- onde vocês estavam? E o que estavam fazendo? Ela parecia estar irritada.
Luke- o que nós deixamos ou não de fazer não é problema seu!
Cecília- ela? Me olhou de cima abaixo - é a sua nova peguete?
Luke- peguete não! Namorada - ele me abraçou de lado.
Cecília- isso é sério???
Isa- sim quer que eu prove?
Não deixei ela falar apenas puxei Luke e dei um beijo daqueles.

Logo ouvimos aplausos e alguns gritinhos.

Cecília- não por muito tempo! Ela saiu pisando duro.

Cecília é o tipo de garota mimada que quer tudo, e que consegue tudo. Mas se ela pensa que vai conseguir acabar com meu relacionamento acho melhor ela ir tirando o cavalinho da chuva.

[...]

Estamos voltando para o acampamento eu e Luke um pouco mais afastado do pessoal.

Isa- amor eu to cansada.
Luke- nós quase não andamos isa, vamos logo.
Isa-  é sério- parei de andar.
Luke- para de ser lerda.
Isa- respirei fundo me... Aju...da.

Sim eu estava fazendo drama.

Luke- OK, OK vem cá.

Pulei nós seus braços e ele me levou.

Luke- você é pesada.
Isa- ta me chamando de gorda?
Luke- não só de pesada.
Isa- Luke! Dei um tapa nas suas costas.
Luke- ai Isabel isso DOI!
Isa- é para doer.

Encostei minha cabeça em seu ombro.

Isa- você ta cheiroso.
Luke- sempre fui.
Isa- é sério disse passando meu nariz no seu pescoço.
Luke- isa para- senti ele arrepiar.

Como eu sou bem malvada continuei.

Luke- Isabel!
Continuei.
Luke- para! - ele disse firme.
Isa- por que? Dei um beijo nó seu pescoço.
Luke- ahh se ta brincando com fogo garota.
Isa- a é? Dei uma mordida fraca na sua orelha.- Bom saber e depois outro beijo no seu pescoço.
Luke- eu avisei.
ele me.....

****
Amores eu não consigo responder os comentários sempre da erro, mas eu queria agradecer a todos que estão comentando,favoritando os capítulosvocês que me insentivam a continuar sz.

ironias do amor (em revisão)Leia esta história GRATUITAMENTE!