Zayn Dente

10.5K 750 668

  Okay, Rafael é a pessoa mais chata do mundo! E a mais retardada, e também doente, de acordo com ele. Mas cara, não é possível que exista mais alguém assim no mundo, e se existe, coitada da família dele. Bem, ainda não tivemos nenhum progresso tentando encontrar o presente da minha prima, até porque ele não cala a boca e eu acho que não ajudo muito também.

- Cara é sério, se você rir de novo igual uma foca enforcada eu saio do seu lado na hora! - disse ainda meio vermelha de vergonha pelo o que acabamos de passar, jesus, preciso seguir os conselhos da minha mãe de não conversar com estranhas na rua e nem ajuda-las, principalmente se esse estranho tiver olhos azuis e cabelos loiros.

- Mas você viu aquela velinha comprando camisinha? Inacreditável, quando você pensa que os velinhos passam as tardes tomando chá e abraçados e dá de cara com isso é como se descobrisse que o Papai Noel não é mais real!

- Sim, mas isso não te da direito de gritar "safrada" no meio da loja, você viu como ela olhou pra gente? Já tava escrevendo meu testamento. 

      Acho que nunca passei vergonha pior que essa em toda a minha vida, aposto que se minha mãe estivesse aqui me daria um sermão daqueles.

- Tá, mas do que sua prima gosta?

- Por isso eu pedi a sua ajuda, eu não tenho ideia do que ela gosta! -falei meio desesperada. 

- Primeiramente, você me arrastou pra comprar o presente!

- Até porque não foi eu que te escondeu das meninas meio loucas né?!

- Ah vai tomar no cu! - bem, parece que alguém ficou sem fala - Mas voltando ao assunto do presente, do que ela gosta?

- Já disse e vou repetir: eu não tenho ideia!  

- Você nunca foi na casa dela? Entrou no quarto dela? Sei la, pensa menina!

- Eu não sou muito próxima dela, não me culpe!

  

   Tentei me recordar de quando fui na casa dela, não foram muitas as vezes, mas eu devo ter notado alguma coisa quando fui lá. Lembro que só entrei duas vezes em seu quarto, uma delas foi pra avisar que o almoço estava pronto, a segunda foi pra apressa-la porque ninguém pode lidar com uma Lia com fome. Bem, seu quarto era normal, igual a de qualquer adolescente. Livros, revistas, posteres da...

- ONE DIRECTION! - gritei no meio do shopping. 

- ZAYN DENTE! - Rafael gritou, a essa altura todo mundo estava olhando pra gente, eu fiquei confusa com o que ele falou. Zayn dente? Pensei que não dava pra ele ser mais retardado.

- Ela gosta de One Direction! 

- Zayn dente! - A risada dele estava cada vez pior, não sabia como isso era possível. 

 - Rafael?

-Oi?

- Qual é a sua doença?

- Bem, os médicos ainda não descobriram, infelizmente. 

- Que pena, agora vem me ajudar a achar alguma coisa bem legal da One Direction e depois a gente vai comer. - minha barriga protestava de fome, não tinha comido quase nada hoje. O puxei pela manga do moletom a procura do presente impossível.

- Nossa, isso estava muito bom! - disse limpando minha boca com guardanapo, tínhamos acabado de comer um hambúrguer bem gorduroso com batata frita e coca-cola, cara, isso é o paraíso. 

- Sim, principalmente na hora que você se engasgava com o refrigerante, saia coca até pelo seu nariz. - Rafael ria de mim,  ri mesmo seu escroto, sua hora vai chegar.

- Não tem graça, foi tudo culpa sua!

- Minha? Sou santo, moça.

- Sua culpa mesmo, era você que ficava fazendo aquelas caretas retardadas pra mim. - o joguei uma bolinha de papel. Ele pegou seu celular e fez uma careta vendo as horas.

- Acho que tenho que ir embora, ta ficando tarde. E já que eu perdi minha carona por causa de alguém - mandei língua pra ele-, tenho que pegar um táxi. 

- Coitado de você, mas por que fez essa cara de pavor quando disse a palavra "táxi"?

- Por que táxis são assustadores, principalmente quem dirige eles! - o olhei com uma cara confusa, eu hein, cada pensamento que ele tem que me deixa pasma- Olha, entende minha linha de raciocínio...    

Ele  foi me explicando toda a origem de sua história de pavor de táxis enquanto íamos em direção a saída do shopping, fiquei meio triste, sei que provavelmente nunca mais nos veremos. Parei de frente pra ele, Rafael estava olhando pro nada meio alheio, suas mãos estavam dentro do bolso do moletom e seu topete estava meio bagunçado. Acho que ninguém poderia negar que ele era lindo. 

- Acho que nos vemos por ai. - nossa Lilian, ótimo jeito de começar uma despedida, merece o prêmio de trouxa do ano. 

- Espera, você tem twitter? 

- Tenho sim, por que? 

- Me passa seu user, podemos conversar por DM. - dei de ombros e escrevi meu user @nebraska. 

- Pronto, agora eu preciso ir e acho que você também! 

- Tudo bem, até logo Lilian Kutchan. 

- Até logo Rafael Lange. 

   Virei de costa em caminhei em direção a minha casa, enquanto ele foi na direção contrária. Em poucos segundos meu celular começou a vibrar cheia de notificação do twitter. Agora eu estou super confusa, depois de procurar nas notificações achei o motivo da confusão:

            @cellbitos seguiu você

            @cellbitos ALOOOOOOO MENINA KUTCHA

 
    Eu vou matar o Rafael!


################################################################################

Olá pessoas, olha quem apareceu!

Me desculpem pela demora, sério, pra quem não sabe eu posto pelo celular e tipo, tem umas duas semanas q o aplicativo do wattpad não da nenhuma notificação. E eu fiquei meio triste pq ninguém tinha votado, ai hj eu abri o app do wattapd e vi um montao de notificação, principalmente da fanfic, cara, eu fiquei com muita raiva. Mas obrigado e um beijão para todas as pessoas q votaram e comentaram, principalmente uma pessoa q fica pipocando nas minhas notificações auhsuahsuas (obg por me lembrar de postar na fic, bjao). 

Então, gente eu não sei se as características do Rafael vão ser fielmente igual o original, eu tenho um amigo q eu acho super parecido com o cellbit, serio, tem q ver quando ele ta com raiva, uma cópia perfeita (só q a unica diferença é q ele tem olhos verdes), então eu meio q me baseio na nossa amizade pra fazer a amizade da Lia e o Rafael. Ah, e essa cena da velinha safrada foi baseada num momento igual esse com as minhas amigas, serio gente, nao cometam essa gafe, vão ser fuziladas por uma velinhas aasaushas

Acho q é só isso, fico muito feliz quando recebo uma notificação da fanfic, principalmente comentário, então continuem suas gatas <3 


Clouds → Rafael Lange | CellbitOnde as histórias ganham vida. Descobre agora