1.

2.2K 114 3

Uma hora e meia antes.

Termino de colocar os enfeites na árvore natalícia e esboço um curto sorriso, extremamente orgulhosa pelo bom trabalho que fiz este ano. Ergo o meu braço esquerdo, de forma a poder ver as horas no meu relógio: 7:30 p.m. Falta meia hora para o jantar de família que ficou decidido ser em minha casa.

"Felicity, anda colocar a estrela na árvore!" chamo, enquanto permaneço em frente á árvore, apreciando mais uma vez. "Felicity, ouviste-me a chamar-te?"

Desloco-me até ao quarto da minha filha, onde supostamente ela deveria estar. Deixo um suspiro escapar pelos meus lábios quando não a encontro lá. Torno a chamá-la mas mais uma vez, não recebo nenhuma resposta.

"Bem, sendo assim eu vou comer os biscoitos de Natal todos..." gritei, para que em qualquer divisão que a minha filha se encontrasse, me pudesse ouvir.

Ouço, finalmente, uns passos pesados subirem as escadas.

"Oops." a minha filha profere, quando estava prestes a entrar no quarto onde me encontro agora.

Reparo, quando a sua silhueta aparece, que a sua boca e as suas mãos estão cheias de chocolate: eu não acredito que ela comeu os biscoitos!

"Felicity Styles, o que é que tu fizeste?"

"E-Eu... Eu não ia comer, eu... a sério! Mas... mas... eu queria um e depois outro... e outro... e... outro."

"És tão gulosa," gargalho, reparando no nervosismo presente nas palavras que pronunciava. Pego na menina ao colo e deposito um beijo na sua bochecha esquerda. "Agora é direta para a banheira, entendeu?"

Ela assente, com um sorriso atrevido nos lábios.

[...]

Mal terminei de colocar a mesa para o jantar, ouvi a campainha tocar: parece que os convidados já começaram a chegar!

Ajeito a minha camisola de malha com uma rena e coloco um sorriso nos lábios. Eu realmente adoro o Natal e sim, admito que sou muito infantil nesta época.

Abri a porta e, reparei em Christine e o seu pai ambos com um presente na mão. Limito-me a cumprimentar com dois beijos o pai da minha melhor amiga e, dou um forte abraço á mesma. Não contava que ela viesse: eu convidei-a, mas nunca pensei que comparecesse, julguei que ia tentar juntar a família e ter um ótimo Natal como o que eu organizei. Os pais dela estão divorciados; o pai mora com ela e a mãe está a habitar na Alemanha.

Dou um espaço para que ambos consigam entrar e, quando ia a fechar a porta, sou impedida, porque encaro ao longe, a família do Harry a chegar no seu carro branco.

Foi relativamente fácil convidá-los a passar o Natal em minha casa, visto que o Harry não tarda nada também deve estar a chegar. Eu nem sei como vou reagir, estou com saudades dele, foram cinco meses.

Curvo-me, e reparo que a Christine encontra-se a apresentar Felicity ao seu pai. Esboço um sorriso com toda a simpatia.

"Hey? Luanna? Feliz Natal." sou surpreendida por Gemma que nas suas mãos tinha uma prenda embrulhada. Envolvo-a nos meus braços e deposito um beijo na sua bochecha.

Cumprimento também a mãe e o pai da Gemma que pareciam bastante entusiasmados por passar o Natal, pela primeira vez, na casa de outra pessoa.

Teen(ager) - h.s {sequela TM}Leia esta história GRATUITAMENTE!