prólogo | c a t a s t r o p h e

2.1K 111 2


Aqueles que podem nos ver, têm em si todo o poder do mundo, pois nós somos os demônios mais poderosos de toda essa terra, lotada de mundanos com braços, pernas e cérebros inúteis.
Tudo podemos destruir, tudo podemos queimar. Os mais rebeldes e os mais malignos estão conosco. E quando alguém nos enxerga, seus inimigos têm dias contados.

Asylum || r.l.Leia esta história GRATUITAMENTE!