Olá, amores!

Venho aqui dizer que nosso livro já está no final, continuo pedindo a ajuda com os votos e se puder com os comentários, sua opinião é muito importante para mim. O livro está acabando, mais não fiquem tristes, assim que eu concluir este livro ficarei um tempo afastada daqui já que estarei me dedicando a dois outros livros que irei lançar semana que vem.

Mais em pelo menos 2 meses irei postar o novo livro de Encontros Marcados. Agora vem o pedacinho do capítulo 20 (Parte III), espero que gostem!


SPOILER!

- Max ando recebendo ligações nada boas, estou preocupada que aconteça algo. - Disse Beth afastando-se.

Fazia 3 anos que meus pais adotivos e João sabiam de toda a verdade, sabiam que Lana é a minha mãe biológica e que William é o meu pai biológico, os Moscovit nunca tentaram entrar mais em contato comigo e muito menos o João. William tinha jogado na minha cara que nunca seria a sua filha, que quando ele me olha sente nojo do seu sangue estar em meu corpo junto do sangue de uma pobre que não tem sangue azul que nem ele. Que ele tinha sorte de ter Eva como sua filha, ela sim tinha sangue azul nos braços e seria sua herdeira de tudo.

A única coisa que William não entendia era o fato de não querer nada dele, falando do fundo do meu coração, não quero herdar nada que William tenha. Eva realmente é a sua filha legitima, foi ela que estava ao lado de William esses anos todos, então conserteza ela merece a grana, não eu. É mesmo se eu herdasse algo de William, minha mãe ia ficar arrasada, ela está arrasada até hoje em saber de tudo o que William pensava dela, é me sinto horrível em ver minha mãe chorando pelo meu pai canalha!

- O que as ligações que você recebeu falavam? - Perguntou Max encarando-me.

- Falavam para eu sair do caminho da patroa do homem que me ligava, que eu estava pegando algo que não era meu e que se eu continuasse por esse caminho iria pagar as consequências. - Respondeu Beth fechando os olhos. - Ai está o problema Max, estou pegando o que de quem? A minha vida agora é aqui em Belo Horizonte, ao lado da minha mãe, da minha família e ao lado do meu namorado, o que estou pegando? - Perguntou Beth cruzando os braços.

- Vai entender o que querem dizer essas pessoas, mais vamos fazer o seguinte se as ligações continuarem vamos até uma Delegacia registrar uma ocorrência e ver se os policias rastreiam de onde vem essas ligações, tudo bem? - Perguntou Max acariciando meu lábio.

- Tudo bem! - Respondeu Beth sorrindo.

- Agora me da um beijo, somente assim fico feliz. - Sussurrou Max segurando minha cintura.

Nosso beijo foi lento, um sentindo o outro enquanto minhas mãos estavam rodeada no pescoço de Max, é as mãos do meu namorado neste momento estava em minhas nádegas, apertando-as e fazendo com um rapido movimento uma aproximação minha de encontro com a sua ereção.

- Papai! - Disse Liam.

Coloquei meu rosto no pescoço de Max enquanto ria do que estava acontecendo, Max colocou suas mãos nas minhas costas enquanto sussurrava no meu ouvido que mais tarde iríamos continuar de onde paramos.

Até mais amores!

Encontros Marcados #1 (Completo)Read this story for FREE!