POV HARRY:

Há uma semana atrás eu estava no meu apartamento no norte de Cambridge conversando com Louis Tomlinson, um dos meus melhores amigos e companheiro de banda.
Estávamos combinando a próxima viagem do mês. E provavelmente iriamos para Liverpool por causa de um show. A terra dos Beatles. Ou do Lennon.

E sou muito fã deles. Apesar de que hoje nos consideram uma especie de "Beatles versão nova" não me sinto lisonjeado ou coisa assim.
- Então iremos no final desse mês. O show está marcado para o dia 28.
- Tudo bem. Mandarei Yuri organizar tudo - Falei. yuri era meu amigo e braço direito tanto em relação à banda quanto à minha empresa. Ou a empresa do meu pai que eu vou herdar apesar de que ainda tenho uma irmã, o meu xodó, Gemma.

Ela é minha melhor amiga as vezes. Quando não estou com meus amigos de banda ou na empresa a convido para uma balada ou boate.

- tenho que ir agora, Harry. Fiquei de passar na casa da minha mae.. Pegar algumas coisas que deixei lá antes de ir pro show. Mais tarde a gente se fala.

- OK. Vai la! - Dei um aperto de mao seguido por um abraço no Louis que logo saiu de minha sala.
Estava lendo algumas notícias na internet quando o telefone tocou. Em outras ocasiões eu pediria para Lily minha secretária atender, mas naquele momento eu estava sozinho em meu apartamento-escritorio.

- Alô? - Falei.
-Sr styles? Sou Giselle Sant'anna é que e-eu encontrei o numero do senhor na internet e...
- Qual o motivo da ligação? - a interrompi meio impaciente.
-então... Gostaria de entrevistá-lo. É que é para um trabalho de literatura e...
-Quando quer me entrevistar? E a que horas? Preciso saber. - minha voz soou mais grossa do que eu achava que seria.
- pela manhã, talvez? Entre nove e dez da manhã.
- tudo bem. Qualquer coisa liga para esse mesmo numero e fala com Lily, minha secretária..

- OK senhor Styles. Muito obrigada mesmo.
- não tem de que.

E antes que ela pudesse se despedir, fiz um som de chiado como se a ligação estivesse ruim e desliguei o telefone. Para não parecer grosseiro e indelicado.

Me diverti com aquilo. No fundo. Parecia um moleque. Apesar dos meus vinte e um anos e um quilo de responsabilidades nas costas, eu sabia aproveitar minha juventude.

Seria legal ser entrevistado.
Pasaaram mais alguns dias e eu tive pouca coisa que ver na empresa, por isso meus dias foram basicamente: Uma balada com os meninos, casa da minha mãe, ir ao cinema com Gemma.

A entrevista ficou marcada para a próxima terça às dez da manhã.

O final de semana foi incrivelmente rápido. Tirando os shows que fizemos,,fiquei em minha casa na maior parte do tempo. Dona Anne Styles me pedia pra visitar mais vezes mas as vezes dava preguiça e deveria admitir isso... Eu amo a minha mãe, mas acontece que ela é mais apegada a mim do que eu nela. O que é irônico.

Enfim, na segunda fui resolver algumas coisas na empresa e saí de lá muito tarde. Dormi e só acordei às 9horas. Isso porque, Lily a minha secretária particular me acordara e lembrara que eu tinha uma entrevista marcada para as 10hs.

50 Tons de Harry Styles Leia esta história GRATUITAMENTE!