Olá, amores!
Mais um capítulo quentinho para vocês ;)

Ótima leitura, A.B.

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Maxwell Werneck

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Maxwell Werneck

Estava feliz por saber que Beth tinha acordado. O Doutor disse que ela estava bem, acordou do desmaio que teve, a única coisa que ela tinha era um corte na cabeça que precisou de pontos no couro cabeludo, um corte nos lábios e outro na sobrancelha, mais de restante ela estava bem, somente um pouco confusa, mais que era normal depois de um acidente grave.

A única coisa que me deixou nervoso foi ver que o Doutor chamou a família de Beth para vê-la, mais se ele soubesse que essa mulher que se diz mãe de Beth é ruim, assim como seu marido, acho que o Doutor não deixaria ela entrar para ver a Beth, e ainda por cima ela chama o ex da minha mulher para acompanhar ela até o quarto da Beth.

Parece que tia Lana percebeu que estava prestes a me levantar da cadeira de couro que estava sentado para ir até eles, mais infelizmente minha tia segurou meu braço e fez sinal de negação com a cabeça. Não demorou muito para Eleonor aparecer na sala de visitas procurando seu marido e aquele tal de João chegou depois dela com um enorme sorriso no rosto.

- Como ela está João? – Lana o encarava com expectativa e só esperava que ele não fizesse muitas gracinhas ou minha mão ia parar novamente no seu rosto de boneco.

- Ela está bem, mais quando vocês forem vê-la vão ter uma incrível surpresa. – João começou a rir que nem uma hiena e me preocupei.

- Surpresa? – Luana se aproximou e cruzou os braços.

- Vão lá visitar ela, vão adorar, ainda mais você Cowboy, depois me conta o que achou! – João me encarou de cima a baixo e se afastou ainda rindo. O que esta acontecendo? Mais que porra era essa cacete? Minha tia foi a primeira a começar a andar e ir em direção aos quartos, atrás dela estava indo minha prima e eu fui por ultimo, estava encarando João que não tirava aquele sorrisinho cínico dos lábios, pra ele estar assim todo alegrinho tinha acontecido algo sério, e eu iria descobrir. Entrando dentro do quarto vejo minha tia abraçando a mulher da minha vida, dava para sentir meu coração batendo forte por vê-la, mesmo machucada ela estava bem.

Encontros Marcados #1 (Completo)Read this story for FREE!