Capítulo 5 - Mari

35 2 0
                                                  

Estava fazendo o possível para não ficar encarando, por causa da vergonha dele ter ouvido eu o chamando de bonito. Na verdade, se eu pudesse falava isso todos os dias."... bonito, gostoso, te.... parou, parou com esse pensamento, Mari!" - repreendo a mim mesma. O problema é que a boca dele estava ali, tão pertinho... eu estava parecendo uma desesperada e nem sei o que aconteceu comigo, porque eu não conseguia olhar os homens assim. Não conseguia sentir qualquer atração.

Ele estava falando, eu tinha certeza, mas não conseguia concentrar em nada que não fosse aquela boca. Bem desenhada, com os lábios meio avermelhados... Até que ele me beijou.

Ele tinha as mãos ao lado do meu rosto e eu ainda estava de mão dada com a minha filha. Minha filha! Que mãe mais desnaturada, eu tinha esquecido dela. Muito contra vontade me separei dele e fiquei completamente sem jeito.

- Mari, desculpa... Eu... - ele estava tão sem norte quanto eu.

-Mamãe beijou o moço bonito! Mamãe beijou o moço bonito! Mamãe ta namorando! - minha filha conseguia me fazer passar vergonha com 3 frases... essa ia me dar trabalho.

- Filha, para. Depois a mamãe conversa com você.

-Ta bem mãe. - saiu empurrando Roberto para que lhe desce passagem e entrou no apartamento.

- Aqui é beeeeeeeem legal! - minha espoleta já tinha tirado os sapatos e pulava em cima da cama.

- Laura! Desce já daí. - será que tinha um modo de ensinar os filhos a ficarem sem fazer bagunça por cinco segundos?

- Deixa ela. - ele se pronunciou pela primeira vez depois do ocorrido. - Laurinha, eu e sua mãe vamos conversar aqui no corredor. Conversa de gente grande. Você pode ficar ai pulando, mas cuidado para não cair, tudo bem?

- Eu posso assistir desenho também? - Acreditem, nem eu sabia que tinha uma menina tão folgada.

Roberto ligou o desenho, e me puxou para fora do quarto, fechando a porta atrás de si.

- Agora podemos continuar de onde paramos. - Me puxou pela cintura e recomeçou o beijo.

Coincidências do DestinoOnde as histórias ganham vida. Descobre agora