Olá, amores!

Espero que todos tenham matado a charada do capítulo anterior! Quem era a mulher e a criança que o William estava se referindo? Bem fácil né?

Ótima leitura, A.B.

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Elizabeth Moscovit

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Elizabeth Moscovit

Fiquei extremamente contente em poder contar tudo o que estava entalado na minha garganta para o Maxwell. Ele sentou-se novamente no feno pedindo para que contasse desde o inicio tudo para que entendesse melhor as coisas e que também através do que eu fosse falando ele poderia me ajudar no decorrer dos dias. Depois que terminei de contar tudo e Max me apoiar na minha decisão, já que sua família também estava no jogo, no caso sendo ameaçados, voltamos para a festa.

O almoço foi tranquilo e depois antes de ir embora o pessoal começou a me dar meus presentes, não queria que eles tivessem se incomodado com isso, somente o almoço já estava perfeito. Bom, Luana me deu um anel com uma pedra solitária vermelho sangue. Lucas me deu um par de brincos em formato de flor. Igor me deu uma pulseira que tinha um pingente de um livro. Max me deu aquele lindo cordão em formato de coração que tinha asas. Lana me deu iPod Touch, na hora recusei esse presente por ele não ser barato, mais Lana insistiu dizendo que se eu não aceitasse ele, ela ficaria bastante chateada e magoada comigo, então tive que aceitar.

Quando chegou a hora de dizer para o pessoal que estava ali na casa da Lana que eu iria viajar para o exterior, ninguém gostou da minha decisão, mais Max estava do meu lado e me ajudou a sair dessa pequena encrenca dizendo que estava indo para o exterior procurar a minha família biológica e que não demoraria para voltar. Quando estava saindo da festa Max queria me acompanhar até em casa, logo em seguida Lana veio correndo em minha direção dizendo que também gostaria muito de me acompanhar. Max fez cara de que não gostou muito, mais já que vamos ficar muito tempo longe, ele irá aproveitar bastante quando estivermos totalmente sozinhos.

Tinha ido com o meu carro para casa e Lana quis ir na caminhonete junto com o Max dizendo que queria conversar com o seu sobrinho. Chegando à minha casa Max pediu permissão para usar meu notebook, queria fazer umas pesquisas, enquanto estava sentada no sofá com Lana. Algo estava me martelando na cabeça, desde aquele e-mail que recebi do Francisco dizendo que Lana esteve grávida alguns anos atrás.

Encontros Marcados #1 (Completo)Read this story for FREE!