Olá, amores!

Será que agora Beth começará a ser disputada? Será que Luana vai conseguir se acertar com Roberto?

Ótima leitura, A.B.

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Elizabeth Moscovit

Oops! This image does not follow our content guidelines. To continue publishing, please remove it or upload a different image.

Elizabeth Moscovit

Estava afastada da casa sentada em um tronco velho que era feito de banco improvisado embaixo de uma arvore enorme que ficava do lado onde ficava a cerca dos cavalos. Era uma paisagem incrível de deixar qualquer um perdido em seu próprio pensamento, igual como estava acontecendo comigo agora. Dê longe podia avistar um Maxwell furioso saindo da casa de Lana, enquanto uma Luana histérica agarrava seu braço e colocava o dedo no seu rosto. Toda essa confusão estava sendo gerada por minha causa e era por isso que iria embora do Brasil, assim ninguém mais sofreria.

- Você pode parar de olhar para a merda daquele Cowboy e conversar comigo? – Estava tanto tempo sentada naquele tronco e encarando Luana e Maxwell que tinha até me esquecido que João estava sentado ao meu lado.

- Não venha você com essa voz levantada para cima de mim, pois você só vai se dar mal. O errado nesta história toda aqui é você, então se você quer realmente conversar comigo, pode tratando de falar baixo e direito!

- Desculpa, mais caramba só me dá um pouco da sua atenção, não estou pedindo muito, meu amor.

- O que você quer conversar? – Fiquei encarando João por alguns instantes até abaixar o rosto e ficar encarando as minhas mãos que estavam no meu colo. Fico pensando que estava prestes a se casar quando desisti de tudo, não aguentava mais ser magoada e pisoteada. Não aguentava mais ver João com outras mulheres quando deveria eu ser a única mulher da sua vida. Não aguentava mais o fato de todos me mandarem fazer as coisas, mais ninguém queria saber se eu queria fazer.

Desisti de tudo para começar novamente do zero. Estou perdida, sem apoio de ninguém e tenho que virar do meu jeito, mais não me arrependo de nada, pois se não tivesse saído de casa, se não tivesse abandonado meu noivo, se não tivesse sido deserdada e se não tivesse trancado a Faculdade, não saberia o que era viver.

Encontros Marcados #1 (Completo)Read this story for FREE!