Reunidos

17.1K 1.6K 2.8K

Essa fanfic é apenas a tradução e todos os direitos são reservados à Bee.

Faziam muitos anos desde que Harry havia pisado em Veneza. Ele tinha ido para um treinamento, cerca de dez anos atrás, quando ainda tinha um diferente Governador, e bem mais agradável. Agora, Harry estava olhando para um lugar que era tão podre e decrépito como o próprio Octavious. Ele obviamente não era apto para governar alguma coisa, e, provavelmente, pegava todo o dinheiro para si mesmo.

As pessoas pobres olharam para Harry e os seus homens e de repente uma luz de esperança apareceu em seus olhos. Eles claramente sabiam quem ele era e, possivelmente, o que ele estava lá para fazer. A cidade já estava sendo ocupada por forças romanas, e ainda não tinham encontrado Octavious.

A principal localização dos romanos estava no mercado central da cidade, e foi lá que Harry e os homens de Capua estavam. Os vereadores e outros oficiais estavam esperando por ele.

"É bom ver você, Legatus Harry." um vereador disse quando ele os cumprimentou, apertando a mão de Harry. "Embora eu não tenha certeza de que você vai ser capaz de encontrá-lo. Esta cidade está cheia de passagens secretas e esconderijos. Octavius tem uma enorme vantagem."

"É o que parece." Harry disse enquanto olhava em volta para os vários mapas reescritos de Veneza. "E quanto a esposa dele, Lucrécia? Ela sempre foi uma puta inteligente, ela deve saber alguma coisa."

"A questionamos várias vezes, mas ela diz que não sabe de nada." ele disse.

"É claro que ela disse!" Harry gemeu. "Ela é esposa dele e é tão imbecil como ele."

"Se você quiser interroga-la, fique a vontade, mas eu estou dizendo que ela não vai dizer porra nenhuma." o vereador afirmou. "Lucrécia tem guardas por toda a mansão e se recusa a nos deixar chegar perto dela novamente."

"Seus guardas não são páreos para mim e aos meus homens, eu garanto isso." Harry zombou. "Espere um pouco e ela vai estar cantando como um pássaro sobre tudo o que eu quero saber."

+

A casa principal de Veneza não era tão grande quanto a de Capua. Assim como o resto da cidade, a vila era suja e negligenciada, mas Octavious tinha estado na guerra e na clandestinidade durante meses. Lucrécia provavelmente não tinha se preocupado em manter a cidade limpa, o que apenas provou ainda mais a Harry de que eles não valiam nada. Ele e Liam marcharam com os homens até as escadas, próximos da linha de guardas na frente das portas principais.

"Você não pode passar daqui a menos que a Domina da casa permita." um guarda disse para Harry com a voz trêmula. Ele estava com medo.

Isso não impediu Harry. "Então envie alguém para dizer a Domina que eu só gostaria de fazer algumas perguntas."

"Domina já respondeu todas as suas perguntas." o guarda respondeu.

Todo mundo poderia dizer que Harry estava completamente irritado. Em dois segundos a adaga de Harry estava em sua mão e pressionada contra o pescoço do guarda impotente. "Você vai entrar e dizer para Lucrécia que o Legatus Harry está aqui e ele sabe que seu marido canalha tem algo que pertence a ele."

O guarda cambaleou do aperto de Harry, acenando com a cabeça rapidamente. Os outros guardas trocaram olhares nervosos. Bom. Harry pensou que era bom que eles tivessem medo. Não demorou muito até que o guarda estivesse correndo de volta para fora sem ninguém ao lado dele.

"Eu realmente devo insistir, Legatus, senhor, a Domina ordenou que ninguém fosse autorizado a questioná-la." ele disse engolindo seco.

Isso fez Harry rir rudemente em seu rosto. "Quem é ela para negar o Direito Romano? Hmm? Afastem-se, todos vocês vão ficar aí sem me interromper e deixar que a justiça faça o seu trabalho; a não ser que queiram morrer."

I Hunger For Your Beautiful Embrace {pt version}Leia esta história GRATUITAMENTE!