Capítulo 18

8K 511 8

Alice.

- Alice?- O Davi diz e eu olho pra ele.- Não vai falar nada? Se aceita ou não?- Dou um beijo nele sem pensar 2 vezes.- Acho que isso é um sim ne?- Balanço a cabeça rindo.

- Só que...

- Ai meu Deus.- Coloco a mão no rosto.- Lá vem.

- Tem algumas regras...

- Serio?

- Uhum.- A Gente ri.

- Quais? - Ele levanta uma das sombracelhas.

- Para de fazer isso.

- Isso oque?- Ele pergunta.

- De levantar as sobrancelhas.

- Porque?

- Porque... porque sim.

- Hum...- Digo desconfiado.- Comece as regras então.- Reviro os olhos cruzando os braços.

- Não quero você de conversinha com essas putas que ficam dando em cima de você

- Mas eu só quero a atenção de uma.

- Hum... e qual é essa uma?

- Você sabe.- Ele ri.

- É. Eu sei mas eu quero ouvir da sua boca.- Ele ri.

- Então não vai ouvir.- Faço biquinho.

- Sério?

- Sério.- Faço biquinho imitando ela que ri.

- Chato.

- Chata.- Ele me puxa me dando um beijo e a mãe dele abre a porta do quarto na hora e a gente se separa.

- Desculpa.

- Não, não precisa se desculpar.- Digo nervosa e ela ri.

- Davi, a sua tia chegou com sua prima, e não tem mas quartos...

- Tudo bem, eu durmo aqui.- Olho pra ele na hora e ele ri, babaca.

- Ok então.

- Pera... que prima que chegou Mãe?

- A Luiza.- Ele olha pra mim. Não parece contente, ao contrário, sem graça.

- Hum... tudo bem então.- A Mãe dele sorri.

- Boa noite... durmam bem.- Ela sorri pegando a Laura do berço.

- Boa, a senhora também.- Sorrio ,ela sai e eu olho pro Davi que parece pensativo.- Que foi?

- Am?

- Que houve?

- Ah, nada.

- Hum... você tá estranho.

- Não... agora termina de falar as regras.

- To afim não.

- Ah não?

- Não.

- Então tá.- Ele me faz cosquinha.

- Ai, Davi paraaa.- Grito rindo.

Não.me.mateeem, desculpa mesmo gente pela demora... mas tá aí beijos.

Apaixonados por Acaso (EM REVISÃO)Leia esta história GRATUITAMENTE!