02 DESCULPE, SOU LOUIS TOMLINSON

33.7K 3.2K 15.5K
                                    

•••

Harry ouviu seu despertador ás 06:15AM, pontualmente. Desligou-o e rolou na cama. Só tinha um paciente hoje às 10:30AM, então poderia dormir um pouquinho mais.

Quando abriu os olhos novamente, já eram quase dez horas, e o hospital ficava a quase quarenta minutos da sua casa. Num salto, Harry correu para o chuveiro, tomando o banho mais rápido da sua vida, vestindo a roupa do hospital e saindo correndo para a porta. Desceu a escadaria num pulo, gritando um bom dia apressado para o porteiro e se enfiando no carro.

Dirigiu o mais rápido que pôde, chegando ao hospital em vinte minutos.

Andou apressado pelo hall, esbarrando em alguém e se desculpando.

-Tá tudo bem, Styles? –Um sotaque familiar se fez presente e Harry estremeceu.

- Dr. Grimshaw... Eu... Tudo... É... Sim.

Nick sorriu simpático, acenando e seguindo para seu consultório. Harry tropeçou nos próprios pés, antes de chegar até sua sala, onde seu paciente já o aguardava.

Por volta das duas e meia, Harry retornava para casa. Jogou-se no sofá, e ligou a TV num canal de música.

-Você deveria estar se arrumando para o jantar. –Zayn disse sentando na poltrona.

-Você sabe que é um jantar né? –Ele virou o rosto para Zayn. – Que merda é essa na sua cara?

-Lama do mediterrâneo, faz maravilha para pele. Você quer?

-Definitivamente não. Esse troço é nojento. Enfim, é um jantar Z. Vai começar as sete e ainda são três horas!

-Harry! Você tem noção que pode encontrar um jogador e ser o novo marido dele?

-Não seja fútil, Zayne. –Harry rolou os olhos. – Eu não preciso de um marido rico.

-Você é o único, então.

-Tanto faz, Zayn. –Harry sacudiu as mãos. – Tem almoço?

-Yeah, comprei comida indiana. Tá no balcão.

Harry assentiu e seguiu para cozinha. Colocou um pouco de daigi em seu prato, tentando não pensar na futilidade de seu primo.

[...]

Por volta das 05:30PM, Harry começou a se arrumar. Vestiu uma camisa branca com os primeiros botões aberto e um lenço branco no lugar da gravata, sobrepostos por um blazer grafite. Uma calça de sarja e botas na cor preta completaram a vestimenta. Ajeitou os cachos da melhor maneira que pôde, escovando-os para trás, embora sua franja teimasse em cair pela lateral de seu rosto.

Esperou mais trinta e cinco minutos até que Zayn estivesse pronto e eles pudessem ir.

Malik estava deslumbrante como sempre. Vestia uma camisa preta abotoada até a gola e perfeitamente engomada, com um terno preto por cima. Usava calças e sapatos sociais pretos também. Seu cabelo, escovado impecavelmente para trás, cada fio perfeitamente alinhado, salvo por um pega-rapaz, propositalmente caído em sua testa.

-Vamos?

-Yeah, o táxi está nos esperando. –Harry disse, apanhando as chaves e a carteira, enquanto seu primo alinhava um fio de cabelo inexistente.

Levaram cerca de vinte minutos para chegarem ao hotel onde o jantar estava sendo oferecido.

O lugar era enorme, todo iluminado e pessoas bem vestidas, circulavam com taças de champanhe.

-Certo Hazz, agora é cada um por si! –Zayn gesticulou de maneira exagerada.

-Para onde você vai?

Just Wright | l.sOnde as histórias ganham vida. Descobre agora