Rebelião

18.6K 1.8K 1.4K

Essa fanfic é apenas a tradução e todos os direitos são reservados à Bee.

A carta dos superiores de Harry chegou em apenas dois dias após o torneio de Zayn. Harry e Louis estavam desfrutando uma tarde ensolarada no jardim, bebendo vinho e comendo uvas direto da videira. Louis tinha estado muito carente nos dias anteriores, então Harry estava lhe dando uma atenção extra. Eles estavam no meio de um beijo quando Niall entrou.

Ele parecia tonto, mas quando entendeu o que acontecia tentou morder os lábios para abafar uma risadinha. "Dominus, isso chegou para você e Senhor Liam. Ele disse que precisa falar com você imediatamente. É urgente."

Louis ergueu as sobrancelhas, dando um olhar interrogativo para o loiro que o respondeu com um aceno sutil. Harry ele suspirou alto e pegou a carda das mãos de Niall. "Diga a Liam eu vou encontrá-lo na sala dos mapas em breve. Ah, e vá com Jade ao mercado esta tarde."

"Sim, Dominus." Niall lançou um último olhar para Louis, e então saiu do jardim.

O rosto de Harry se amassou ao ler a carta. "Não posso acreditar, maldição!" Louis arregalou os olhos e Harry continuou a ler em voz alta: "Depois de reavaliar a situação no Norte, agora estamos convidando as nossas melhores forças para voltar para cima. Você, Legatus Harry, será esperado na linha da frente do campo de batalha em até duas semanas."

Louis apareceu com mais uma uva na boca, antes de lentamente se levantar e caminhar até Harry. Ele colocou as duas mãos sobre as omoplatas de Harry e cuidadosamente deslizou para baixo suas costas. "Você sabe, Harry, se você tivesse ido para a guerra antes, nós não estaríamos fazendo isso."

Louis se levantou na ponta dos pés e beijou a nuca de Harry. O humor do homem mais velho imediatamente acalmou e ele levantou uma sobrancelha. "Filho de Vênus, o que você está fazendo?"

Ele perguntou porque uma das mãos de Louis tinha encontrado o caminho para sua virilha, e estava gentilmente pressionando mais para baixo. Louis, no entanto, ignorou a pergunta. "Imagine todas as coisas que nunca teríamos feito se eles lhe enviassem mais cedo. Minha família ainda estaria morrendo, você ainda estaria sozinho, e quem sabe o que teria acontecido comigo."

"Não diga isso, Louis" a respiração de Harry engatou quando ele começou a ficar duro sob o toque de Louis. Ele trouxe uma mão para baixo para cobrir a de Louis, mas ele não parou os movimentos, em vez disso Harry pressionou com mais força. "Louis, alguém poderia nos ver a qualquer momento. E eu deveria me encontrar com Liam."

Sem perder um momento, Louis puxou Harry por seus quadris atrás do arbusto mais alto e mais cheio de flores de narciso. Ele empurrou Harry e caiu de joelhos. Harry engasgou quando Louis começou a puxar sua toga e enrolar os dedos em torno do pau duro de Harry. Ele começou a acariciá-lo lentamente, olhando para Harry com os mais amplos e inocentes olhos.

"Liam pode esperar um pouco mais, eu acho." Louis disse com uma voz baixa.

"Oh deuses Louis." Harry gemeu quando Louis começou a chupar na cabeça do seu pau. Ele estava totalmente duro agora, totalmente pesado na língua de Louis.

O pênis de Harry era muito grosso, e quando Louis tentou afundar ainda mais para baixo, ele engasgou depois de apenas um par de centímetros. Mas ele queria dá-lo prazer, então ele tirou da boca, respirou fundo, e lentamente afundou-o na sua garganta. Louis chupou e moveu sua língua ao longo da veia inferior, fazendo Harry gemer. Ele agarrou o cabelo do menino com força, mas não o fez ir mais para baixo. Depois de mais alguns segundos, Louis começou a chupar e mexer a cabeça para baixo em seu próprio ritmo.

I Hunger For Your Beautiful Embrace {pt version}Where stories live. Discover now