Capitulo 10 - Viagem dos sonhos (pt. 1)

1.3K 151 38

Primeira Viagem: Búzios (RJ) e Jack não conseguiu nem dormir de tão ansiosa. Levantou cedo, mal conseguiu se alimentar e só o fez por que Clair estava lá falando em sua cabeça, e, além disso, arrumou suas roupas e acessórios.

Quando Jack saiu do banheiro, olhou para Clair, depois para as roupas e disse um decidido:

- Não!

Ela riu.

- E você ainda acha que tem escolha, Jack?

Jack revirou os olhos.

- É uma viagem e só!

- Uma viagem a trabalho, Jack.

- Eu sei disso, mas...

- Não, Jack, já chega de fazer o contrário do que realmente deseja por conta do medo...

Jaqueline suspirou.

- Então, me deixa trocar algumas coisas desse seu look, pode ser?

Clair a olhou de testa franzida.

- Tipo o quê?

Jack olhou para o conjunto, havia uma camisete branca, uma calça social, um scarpin preto e um colar extravagante, sem falar da bolsa que caberia umas duas panelas de pressão.

Respirou fundo, tentando não rir das escolhas da amiga, trocou a camisete por uma camiseta de estampa, trocou o salto alto por uma sapatilha confortável e a bolsa gigante por uma menor e que cabia exatamente o que ela precisava. E o que ela tirou foi para a mala por que Clair não aceitou negociar mais nada.

Olhou para Clair e sorriu, satisfeita.

- É, ficou legal.

- Não seja tão orgulhosa, loira! - Jack disse, a abraçando.

Ela sorriu.

- Tá legal, ficou bom o suficiente, o importante é ser você mesma.

Jack sorriu e foi se trocar, quando terminou de arrumar o cabelo, escutou uma buzina.

- Chamou o táxi, Clair?

- Não. E você?

- Não.

As duas correram para a janela da sala e viram uma Mercedes e-class preta em frente a casa. Elas se olharam e acharam estranho.

- Quem é?

- Não sei. - disse Jack, indo até a porta.

- Aonde vai?

- Ver quem é.

- E se for um maluco?

Ela riu e nesse momento, o telefone toca. Jack atende e se surpreende:

- Alô?

- Jaqueline, você está pronta?

Jack arregalou os olhos.

- Sr. Alexandre?

- Sim, desculpe, te assustei?

Ela engoliu o susto.

- Ah, não senhor. Algum problema?

- Não, não, é que eu... eu quero saber se precisa de carona?

Jack estremeceu dos pés a cabeça só de pensar que aquele carro lá fora era de seu patrão. Engoliu em seco e disse:

- Carona?

- Sim, eu pensei que talvez não tivesse como ir...

Jack ficou vermelha e Clair fez careta, confusa com a situação.

Rosas de Amor para Jack (Completa)Leia esta história GRATUITAMENTE!