▦ Chapter IV.

Começar do início

Se Anne pudesse ela teria derretido de amor pelo ômega. Harry nunca havia a perguntado nada se poderia ou não sair. Mas esse era um hábito de Louis, ele sempre pedia a sua mãe para sair porque sendo um ômega e tendo a natureza que tem ele é totalmente submisso. Por isso pede a permissão de sua mãe e no caso agora para Anne já que ela é sua responsável, para fazer as coisas.

Harry apertou seus olhos e sentiu suar, ele queria ir até aquela sala e dar uns bons socos em Zayn. Porque o outro alfa sabia o quão Harry estava doido pelo Louis desde que havia o visto. E Malik simplesmente não podia convida-lo para sair. Não antes que Harry já tivesse total certeza de que Louis negaria porque quer a ele e não outro alfa.

"Querido eu..." Anne estava pronta para dizer algo mas Harry a cortou usando uma voz grave e rouca.

"Ela vai pensar." Harry murmurou duro e Louis não perdeu o sorriso, apenas assentiu e retornou a sala balançando as grossas e deliciosas coxas.

Harry tornou a passar a mão pelo. O quão estúpido ele estava sendo?

"Quer me falar sobre?" Anne perguntou, ela tentava não sorrir porque Harry não precisava explicar muita coisa. Ela não era burra e já havia entendido parte de tudo.

"Não acho que Zayn seja boa companhia para Louis." Harry disse enrolado, foi a melhor porém pior desculpa que arrumou. Anne riu baixo e acariciou as costas do filho.

"Oh sim...e sobre você estar gostando dele. Não vai me falar sobre?" Anne disse animada. Ela não podia esconder o quão animada estava por imaginar que Harry gostava de Louis.

Mas ele não gostava. Gostava? Não! Não podia gostar porque sequer conhecia o ômega, e aliás ele não gostava de ninguém. Nunca. O que ele sentia no momento era desejo, tesão, posse talvez. Mas nada que o envolvesse sentimentalmente. Isso nunca.

"Eu não gosto dele, mãe." Harry riu ironicamente e balançou a de uma lado para o outro.

"Então eu vou dizer a ele que ele pode sair com o Zayn na sexta." A beta disse e Harry abriu mais seus olhos. Ok. Sendo encurralado até pela própria mãe, ele nunca imaginou que isso aconteceria.

"Não faça isso, mamãe." Disse manhoso, ele sabia o quanto sua mãe amolecia quando a chamava de mamãe.

"Ei querido." Ela segurou o queixo do alfa alto e fez ele olhá-la nos olhos. Quando teve certeza de que ele prestava atenção continuou. "Escute, se Louis não gostar de você, você não pode simplesmente afastá-lo de todos. Não é justo, entende?" Ela perguntou calmamente e ele assentiu.

"Eu só quero um tempo, ele vai gostar de mim se me der um espaço." Harry choramingou ao dizer. Ele era mimado e queria Louis no momento, queria-o para ele agora.

"Tudo bem querido. Eu estou do seu lado, afinal Louis é um amor." Ela disse e sorriu para o cacheado que sorriu também concordando.

Louis realmente é um amor...

Quando o céu começou a escurecer Liam e Zayn se dirigiram à cozinha junto de Louis, os dois alfas disseram coisas sobre terem que ir embora e se despediram de Louis cada um com um novo beijo no rosto e quando Zayn acariciou sua bochecha Liam murmurou um "relaxa" para Harry mas o alfa não relaxou, ele tencionou todo seu corpo e apertou a mandíbula mais uma vez no dia. Ele pode ver Louis corar e sorri olhando nos olhos de Zayn como se sentisse um carinhoso enorme pelo alfa diante dele. O que não relaxou Harry mas no lugar da raiva ele se sentiu chateado. Aquele olhar era pra ser dele!

"Eu os levo até a porta." Harry disse, assim que Zayn se distanciou de Louis o punho de Harry fechou novamente e ele sentiu o cheiro doce adentrar sua narina mais uma vez. Ele podia dizer que estava bêbado com aquele aroma.

Assim que abriu a porta ele passou pro ela esperando Zayn e Liam também passarem. Então ele encostou a porta e foi se despedir dos amigos.

"Bom até..." Antes de Liam terminar sua frase Harry empurrou Zayn pelo peitoril.

"Que merda você estava fazendo? Convidou ele pra sair?" Harry não percebeu que usava sua voz de alfa, no mais alto dos tons graves que conseguia atingir, ele estava realmente irritado.

E Zayn também não se afugentava disso. Ele não iria enfiar o rabo entre as pernas só porque Harry era grande estava usando sua voz de alfa rouca. Ele também era um alfa afinal.

"Qual é? Ele não dá a mínima pra você bro!" Cuspiu as palavras na cara de Harry. Liam se aproximou afastando com cada uma das mãos os dois alfas irritados.

"Você não vai sair com ele!" Harry ordenou mas Malik riu divertidamente e o toque de sarcasmo era o que deixava Harry ainda mais irritado. O cheiro doce que conseguia escapulir da casa o motivava a continuar aquela discussão. Mesmo que ela levasse a uma briga com um de seus melhores amigos.

"Bom, então eu quero ver quem vai me impedir." Disse desdenhoso e Harry rosnou, ele já não sabia o quão irritado estava e não ponderaria em ferrar a cara de Zayn. Era uma questão de espaço e no momento outro alfa estava tentando adentrar no espaço que Harry já havia nomeado como seu.

"Ei, acalmem-se. Vamos lá..." Liam interviu os afastando ainda mais.

"Você ta avisado!" Harry murmurou e caminhou de volta a porta.

"Tchau amigo. Fala que eu mandei um beijo para o Louis." Zayn provocou Harry que caminhou novamente até o outro alfa que sorria irônico.

"Harry!" Liam o parou empurrando seu peitoril. Em seguida olhou para Zayn repreendendo a atitude do outro. Liam não era tão responsável mas ele sabia que aquilo terminaria de um jeito ruim. "Zayn para com isso. E Harry, entra cara, você está de cabeça quente." Liam pediu e o cacheado assentiu.

Ele contornou o caminho e entro dentro de casa batendo a porta. Ele caminhou até a sala e encontrou a mesma vazia com a luz acesa. Harry subiu as escadas rapidamente e escutou o barulho do chuveiro ligado vindo do quarto de sua irmã. Era impressionante como lembrar-se de que Louis estava ali em sua casa exalando aquele cheiro o acalmava e fazia recuperar a noção. E parecia que o cheiro agradável de Louis tinha se intensificado. Ele entrou no quarto e viu como o cômodo estava organizado.

A boca de Harry salivou e quando ele viu o suéter que Louis estava usando jogado no chão perto da porta do banheiro que estava trancada. Ele imaginava o ômega retirando a peça de seu corpo lentamente e exibindo as coxas fartas e o peitoral magro, o qual despertado Harry estava para ver essa cena pessoalmente e tocar o corpo descoberto de Louis. Ele começara a se sentir o ânimo entre as pernas.

A doce voz de Louis estava abafada mas Harry podia escutar o cantarolar dele, o que voz o alfa sorrir brevemente e alcançar com os dedos compridos o suéter. Ele puxou o tecido levou-o até suas narinas farejando a peça de roupa com cuidado.

Zayn não podia ser tão filha da puta com Harry, não daquele modo. Afinal de contas os dois são amigos e Styles deixou claro o quão atraído está por Louis, não era segredo para Zayn, Liam ou Nick. Ele estava tão afim de Louis, como nunca esteve de ninguém, até porque Harry nunca foi rejeitado e o fato de ser rejeitado era o que o motivava a continuar.

O alfa se sentou na cama arrumada com um edredom de flores amarelas e deslizou pela cama deitando na mesma que já tinha o suave aroma empreguinho nela. Então ele abraçou o suéter e levou-o para perto de suas narinas, passando o tecido em seu rosto. Ele queria sentir o toque de Louis contra sua pele e queria tocar a de Louis do mesmo modo. Ele focou na cantoria de Louis do outro lado da porta e percebeu que o garoto cantava Party in the USA, e riu brevemente, o que ele não daria para poder ver através daquela porta o ômega tomando seu banho.

Quando o barulho do chuveiro parou Harry se levantou apressadamente e lançou-se para fora do quarto indo em direção ao seu com o suéter ainda em mãos. Cheirando o pano e sorrindo com as covinhas aparecendo.

Ele entrou em seu quarto e encostou a porta se jogando em sua cama e encarando o teto com o suéter enrolado em seus dedos.

Merda Harry, você está ferrado...

N/A: descuLpa, foi um atualização bosta? Foi uma atualização bosta! Mas af, eu tinha q fazer isso pq faz parte da fic entendem. Me perdoem se não aconteceu como vcs imaginaram mas tem coisa pela frente. E eu não gostei muito do modo q eu escrevi o cap mas enfim, era o q eu tinha de melhor do momento então eu espero mesmo q gostem e aproveitem. Até qualquer dia, beijinhos amores.

➹ Begin ✽ aboLeia esta história GRATUITAMENTE!