III

386 25 2

O barulho da chuva parece sussurro de amor

O silêncio te chama pra dançar

Basta escutar

Sem dois pra lá, sem dois pra cá

Uma valsa parada no mesmo lugar


O cheirinho da chuva é beijinho de anjo

Toca o nariz como cafuné

Acorda as fadas e gnomos

Que se botam a fazer café

Pra acompanhar a chuva que perfuma o luar


Mas a chuva na pele, ah, essa é a melhor

Molha de carinho parecendo suor

Brilha meus míopes olhos a te procurar

Em meio a chuva caindo sem cessar


Rimas e outras palavrasLeia esta história GRATUITAMENTE!