Feliz dia das mães!

Começar do início

- Sabia que também existem lágrimas de felicidade? Às vezes, quando estamos muito felizes, choramos também...

- Ah, entendi mamãe...

- Muito obrigada filha.

- Eu tenho um presente também pra senhora...

- Outro?

- Sim. Espera aqui um pouquinho mãe.

Ela me dá um beijo na bochecha e sai do quarto. Passo meus dedos por aquele cartão e o coloco num lugar especial na minha cabeceira. Depois tenho que lembrar de comprar um porta retratos grande para colocar esse lindo cartão dentro.

- Fecha o olho mamãe! - minha filha fala, do outro lado da porta.

Rindo eu cubro meus olhos com as mãos e fico esperando a minha filha entrar.

- Tá de olho fechado né mamãe?

- Sim - então escuto a porta do quarto abrir e sinto o cheiro de café fresquinho tomar de conta do quarto. Café? Não, minha filha não sabe fazer café.

- Pode abrir agora mamãe...

Samuel está na minha frente, com uma bandeja de safe da manhã, bem grande e recheada, nem consigo acreditar nisso. Como isso é possível. Minha filha tinha planejado tudo isso?

- Feliz dia das mães meu amor - Samuel fala se aproximando de mim.

- Obrigada - falo emocionada por ter aquelas pessoas tão importantes para mim. E saber que os dois me amavam a ponto de fazer essa surpresa...

Estávamos sentados na minha cama e todos fomos comer aquele safe da amanhã que foi tão bem preparado. Samuel falou que ele encomendou algumas coisas, e que ele só tinha feito o café, que era o que ele sabia fazer.

- E quando a Carol me falou o que a Manu queria fazer, não pensei duas vezes em aceitar o convite dela - Samuel sorri.

- Eu tive a ideia, mas a tia Carol e o tio Sam que fizeram todo o trabalho...

- A ideia sem dúvida foi muito importante - Samuel fala e dá uma piscadela para a minha filha.

- Obrigada - falo emocionada.

Acho que eu sou a mulher mais sortuda do mundo por ter aquelas pessoas tão especiais na minha vida. Nunca reclamei de ser uma mãe. E são esses momentos que me fazem ter certeza que essa foi a melhor decisão da minha vida.

Mesmo assustada, Manu era a melhor coisa na minha vida e só de ver o seu sorriso todo dia eu me sentia a pessoa mais sortuda por poder participar do crescimento dela.

Ela me ensinou uma nova forma de amar. Um amor que é maior do que eu. Um amor que me aquece o coração mesmo nas piores horas. Onde um simples abraço cura as feridas mais escondidas e escuras de minha alma.

Minha filha é a minha vida e eu posso dizer sem a menor sombra de dúvida que eu faria qualquer coisa para a ver feliz. Qualquer coisa mesmo.

Ela está sentada ao meu lado e brinca com uma mecha do meu cabelo, enrolando em seu dedo pequeno. Ela passa um tempo pensando em alguma coisa, quando olha para o Samuel e fala na maior tranquilidade.

- Tio Sam, o senhor devia dar pra minha mãe um novo bebê.

Samuel engasga com o café que ele toma e começa a tossir muito. Ele tem o seu rosto bem vermelho.

- Filha! - tento repreender um pouco a linha de pensamento dela.

- Mas é verdade mamãe! Já pensou como ia ser legal se eu tivesse um irmãozinho? Ou melhor, uma irmãzinha? Poderíamos brincar juntas e se ela for legal como o tio Sam, tenho certeza que eu vou gostar...

- Quem sabe depois Manu - Samuel fala acariciando o rosto da minha filha e tem um sorriso terno em seus lábios, quase fraterno.

Olho para ele um pouco curiosa. O que ele quis dizer com isso? Mas tenho que admitir, ele contornou muito bem a situação... Ele seria um bom pai... Quando chegasse a hora. Fiquei nervosa ao perceber que não estava nervosa com a sua admissão. De certo modo não repulsava a ideia de ter filhos com ele. E pelo jeito, ele também pensava assim...

Ele apenas deu de ombros e sorriu. Mordi o lábio para abafar uma risada e então voltei a tomar café com meus amores.

Senti meu coração esquentar de um jeito bom e, sem aviso, puxo os dois para um abraço apertado.

Aquele dia das mães tinha começado com o pé direito.




Ficou curtinho, mas eu escrevi de todo o coração e espero muito que tenham gostado, e mais uma vez, FELIZ DIA DAS MÃES :D

Amor na Segunda VoltaLeia esta história GRATUITAMENTE!