02- Guarda-Roupa

139K 13.7K 93K
                                    

-x-(Me desculpem minhas flores por não ter postado ontem, aconteceu algumas coisas e eu fiquei sem tempo, me perdoem. BOA ATT )-x-

(Harry's POV)

– Você está muito esquisito hoje – Niall disse enquanto eu arremessava a bola de basquete na cesta, pelo que me parecia ser a centésima quarta vez.

– Eu não estou estranho – rebati, ignorando o olhar perfurante de Zayn que estava sentado em uma das arquibancadas fumando seu cigarro calmamente. Era impressionante como ninguém nunca o via fumando, na verdade, eu acredito que os funcionários daqui temiam Zayn como um rato teme um gato.

– Harry, você sabe o que seu tio acha sobre você matar aulas, sua bolsa... – Olhei feio para Niall que apontou para a quadra vazia. – Ninguém está nos ouvindo.

– Mesmo assim, deixe o sermão para mais tarde. Eu simplesmente não quero entrar na aula – disse e peguei a bola novamente, quicando-a no chão e abafando a voz de Niall o máximo possível.

O problema não eram as aulas, era o fato de que estava evitando Louis Tomlinson, evitando entrar na minha sala de aula e ser apontado como o garoto pobre.

Zayn e Niall sabiam sobre mim, os únicos na verdade. Para todos os outros, eu era o garoto rico que tinha os pais morando em outro país, essa mentira parecia funcionar e isso já me bastava. Essas pessoas acreditam até em unicórnios cor-de-rosa se eu disser que são reais.

Minha mãe trabalhava em um dos McDonald's da cidade, por isso nunca permiti que ela aparecesse neste colégio. Foi graças ao meu tio, que é um dos professores desta escola, e graças às minhas habilidades com o basquete que eu consegui uma bolsa para estudar no colégio mais caro de Londres.

Minha mãe, eu odiava esse assunto.

Era tão vergonhoso o fato de meus amigos terem pais milionários, enquanto minha mãe preparava hambúrgueres e batatas fritas em um lugar nojento. Sem falar no meu pai que sumiu no mundo, deixando apenas suas dívidas que conquistou bebendo e trazendo problemas para nossa casa.

Preferia acreditar no que eu mesmo dizia a pessoas. Meus pais estavam fora do país, curtindo o luxo e a riqueza.

Mas o que estava me deixando estressado hoje não era minha mãe ou o fato de sermos pobres. Era ter que contar para a escola inteira que eu e Louis Tomlinson estávamos namorando.

Se é que alguém sabia de sua existência nessa escola.

Tudo bem que eu queria fodê-lo de uns meses para cá, mas fala sério.

– Você tem que parar com isso, Harry – Zayn disse finalmente, enquanto eu secava o suor de minha testa no uniforme de basquete e me sentava ao seu lado. – Parar de esconder as coisas.

– Eu não estou escondendo nada, mas que porra! – Niall soltou uma gargalhada. – O que foi agora?

– Eu queria contar a vocês que arrumei uma namorada nova, mas já vi que não será possível com todo esse estresse – Niall parou em nossa frente, e eu revirei os olhos para ele.

– Igual àquela que achava que seu carro era uma nave espacial de tanto tempo que não comia? – Perguntei, e Zayn tentou esconder o riso com seu cigarro.

Garoto exemplar (larry stylinson)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora