Quantas vezes te disseram para deixar de fazer algo porque era muito perigoso?...

Quantas vezes o seu medo de se arriscar foi maior que a sua vontade de alcançar o seu objetivo?

Quantas vezes diziam que você era apenas uma louca é que tudo que passava pela a sua cabeça era uma loucura, Quantas vezes você deixou de ser alguém simplesmente porque as pessoas colocavam sempre um obstáculo no seu caminho?!

Você não sabe não é mesmo?! Sim.. você poderia está feliz mas você não estás porque simplesmente fizeram com que você acreditasse que pra ser feliz poderia ser impossível!!

Mas sabe... Julgam a tua loucura porque não tem essa coragem que tu tem de ir buscar o teu objetivo.

Vá em frente se arrisque o máximo que puder, Chore, Vibre, dê gargalhadas tropece erre.. se foda muito!

Você pode morrer daqui a segundos quem sabe? E aí você vai está feliz? Você tem certeza que não vai se arrepender porque deixou de fazer algo por medo ou por falta de coragem? Ou por obstáculos no seu caminho?

(...)

Aqui estou eu Novamente.. dentro dessa caverna, arrumando os resto dos meus trapos, me despedindo das formigas e das caixas de pizzas embaixo da minha cama.

"Augusto obrigada por me ouvir"
digo olhando pra uma formiga que passava eu não ligo se era a droga do Augusto ou Não, mas era uma formiga.

Após pegar tudo, Desci jogando minhas malas de escada a baixo, Me surpreendi com as figuras que estavam presentes naquele momento

Algumas me davam ânsia de vômito, outras apenas uma vontade de me suicidar

- É festa e ninguém me avisou? Cadê as bebidas?- Perguntei ouvindo gargalhadas

Cruzei meus braços e fiquei desentendida por um bom tempo.

- Daqui a pouco seu vôo sai.. É daqui a pouco que não sabemos se você volta ou Não... daqui a algumas horas essa casa não vai ter mais a mesma alegria de antes- Diz Jake, Fechei meus olhos controlando as minhas lágrimas

Eu não quero derramar água pelos olhos, Unicórnios amante das cocaína, não quero que escorra um litro de rímel pela a minha Face

- É tio, cê é louca vai fazer muita falta Esther, pô não vai não- Marcela diz bufando.

Tenho medo dela matar todos os passageiros e fazer o Avião parar em movimento e me trazer de volta, de paraquedas...

- Parem seus idiotas calem a porra da boca, vamos fazer uma despedida mas uma despedida mesmo!- Digo, deixando escapar um sorriso macabro

Me olharam assustados

- Jake trás bebida, põe tudo na conta do meu padrasto Stuart, eu tenho um cartão dele- Digo

- Tá espertinha e qual a senha desse cartão? - Pergunta Austin revirando os olhos

Me direcionei ao computador que ficava na sala, digitei todos os dados do meu padrasto Rolha de poço, Assim consegui a sua senha

- Está aqui- Entrego o papel com alguns números

Austin me olha fazendo um sinal de negatividade, Ergui uma sobrancelha e saiu dando um empurrão forte no Austin que me olhava sorrindo

..

Meu vôo iria sair daqui a 3 horas e eu quero encher minha cara, para pegar o avião errado e parar na babilônia e casar com um velho rico., e ter dezoite unicórnios e traficar drogas

Esther [{A editar }]Leia esta história GRATUITAMENTE!