7. Como um sonho bom

3K 197 34

Depois de um banho gelado Sophia veste um short preto e regata de oncinha que Pepper colocou para ela em cima da cama, coloca sua jaqueta preta e o tênis e segue para a cozinha onde Tony está tenso com uma xícara de café nas mãos encarando Steve, Pepper entrega pra ela uma caneca de cappuccino Sophia toma depressa e puxa Steve para o elevador antes que Tony avance nele.

- Só pra registrar, eu odeio essa ideia ! — Tony grita para a morena quando a porta do elevador está fechando

- Tony, ela precisa se divertir... — Pepper se senta no colo do marido — E vc também... Bruce esta dormindo como um anjinho no quarto de hospedes, Nath e Clint não vão aparecer tão cedo ... Que tal eu e vc... — Antes que ela termine a frase Tony a beija com paixão e a leva para o quarto.

Hall da Torre Stark

Um agente entrega a moto para Steve, ele sobe e entrega o capacete para Sophia:

- Então vamos ? — Ele pergunta com um olhar divertido

- É seguro vc ficar sem isso ? — Ela diz apontando para o capacete

- Acho melhor quem sofre os efeitos do álcool ficar com isto. — Eles riem e Sophia sobe na moto se agarrando à cintura dele. Steve corre pelas ruas de NY aproveitando a sensação dos braços quentes agarrados a si, quando entram em seu bairro ele diminui a velocidade:

- O bairro não mudou muito desde a época em que eu morava aqui, claro que construíram alguns prédios mais modernos e comércios diferentes, mas vc pode ver que algumas construções são antigas e eu posso afirmar que os locais dos comércios não mudaram... — Steve diz se lembrando da época — Eu apanhei em quase todos os becos daqui . — Ele sorri

- Era pra isso soar sensível ou sexy ? — Sophia da uma gargalhada — Não esta funcionando...

- É , já me disseram que eu não tenho ideia de como conversar com uma mulher...

- Tudo é uma questão de pratica meu caro Watson.

- Espero que sim... — Ele estaciona na frente do prédio em que mora — Vc quer entrar ? — pergunta meio sem jeito

- Ah , claro, por que não ... — Eles sobem o lance de escadas sem dizer uma palavra, Steve abre a porta do apartamento para ela entrar, Sophia sorri internamente, o apartamento de Steve é exatamente como ela imaginava, paredes brancas , móveis limpos e muito bem organizados, ela até podia ter uma visão clara da cama dele metodicamente arrumada e sua gaveta de cuecas e meias dobradas e separadas por cor...

- Por que está sorrindo ? — Ele a tira de seus pensamentos

- Uma piada interna... Então o que vc quer fazer ?

- Bom , a gente pode tomar café da manhã na padaria aqui perto ... mas ela ainda está fechada , são 3 da manhã, então enquanto isso... — Ele desvia o olhar para os lábios de Sophia, mas logo volta sua atenção para seus olhos — Podemos conversar ou...

- Ou ? — Ela arqueia uma sobrancelha

- Não sei, ouvir uma musica...

- Dançar ?

- Eu não sei dançar... — Ele coça a cabeça

- Como não Steve? Espera ... — Sophia vai até o som e coloca um dos Cds, uma musica lenta começa a tocar e Steve logo reconhece

- Debusy ...

- Vem... — Ela o puxa para o centro da sala — Me dá sua mão direita... — Ela segura a mão dele com delicadeza ... — E coloque a esquerda na minha cintura... — Sophia conduz a mão dele devagar até sua cintura, Steve engole seco, nervoso. — Então a gente se move devagar, uma passo de cada vez, para um lado, depois para o outro... e quando vc pegar o jeito podemos inovar um pouco ... — A voz da morena esta baixa e suave, eles começam a se mover no ritmo lento do piano. Steve pega o jeito, mas numa fração de segundos se permite olhar para ela no mesmo segundo em que Sophia morde os lábios, nervosa por estar tão próxima dele, então ele se distrai e pisa no pé dela:

- Desculpa, eu sinto muito ... Disse que não sabia dançar.

- Calma Steve, tá tudo bem essas coisas acontecem... Vc estava indo muito bem. — Ela diz divertida

- Sério ?

- Sério, que tal tentarmos de novo. — Ela coloca os braços sobre os ombros fortes dele e eles recomeçam a dança, quando a musica acaba Sophia troca o CD e dessa vez um tango Argentino invade o local — Vamos tentar uma coisa mais difícil ... — Ela anda sensualmente até Steve e passa uma mão sobre sua nuca, ele a acompanha com os olhos e num súbito ataque de coragem agarra a cintura da morena com as duas mãos a erguendo do chão, Sophia dá uma gargalhada enquanto o loiro a coloca no chão, eles dão as mãos e tentam um movimento de dança, mas não dá certo e eles acabam caindo no carpete, ela em cima dele :

- Acho melhor pararmos com a dança por hoje ... — Sophia diz em meio às gargalhadas

- Desculpe , eu disse que era um desastre na dança ...

- Pelo menos vc não caiu em cima de mim ... — Eles continuam a rir por mais alguns segundos e param de repente, Steve encara os lábios convidativos da morena, os olhos âmbar cheios de mistério, ele se aproxima bem devagar. A morena percebe o movimento dele e fica estática, se perdendo na imensidão azul dos olhos sempre amáveis do soldado, agora poucos centímetros separam os dois , Sophia pode sentir a respiração acelerada de Steve ... Ele queria quebrar a distancia entre eles , mas não conseguia , talvez fossem seus modos ou personalidade antiquada, ou talvez a lembrança de Peggy , não sabia ao certo o que o impedia, porém impedia ...

- Vc não consegue ... — Ela sussurra com os olhos fechados

- Não ... eu sinto muito ... — Ele responde mas não sai do lugar

- Bom, se vc não vai me beijar é melhor eu me mexer... — Sophia abre os olhos por segundos, encara os olhos e boca de Steve e então o beija ...  O beijo começa calmo, na verdade tímido, movendo os lábios bem devagar, e saboreando cada segundo do beijo Steve coloca as mãos na cintura da morena a puxando pra mais perto. Sophia agarra os fios loiros do soldado aprofundando mais o beijo, eles se separam por falta de ar alguns minutos depois ...

- Pra um cara de 90 anos, até que vc manda bem... — Ela ri ofegante

- Era mesmo necessário uma piada agora ? — Ele se diverte

- Não, mas é uma boa forma de amenizar o clima...

- Não dava pra tirar a tensão do clima sem encarnar o Tony Stark ? — Ele arqueia uma sobrancelha e Sophia o olha maliciosamente

- Na verdade tem... — Ela puxa Steve para o sofá e se senta no colo dele — Agora me diga , como é beijar uma super ex vilã do mal alguns anos mais nova ?

- Não está ajudando ... — Ele engole seco

- Eu sei, mas estou me divertindo com a sua cara de desesperado. — Ela cai em gargalhadas, mas logo fica séria — Isso é perigoso ...

- Sou obrigado a concordar ...

- Vamos tomar café , depois voltamos pra SHIELD e deixamos isso aqui... — Sophia diz se levantando e jogando as chaves da moto para Steve

- Como um sonho bom ... — Ele sorri

- Incrívelmente bom ! 

The New AvengerLeia esta história GRATUITAMENTE!