Capítulo Nove

34K 2.1K 180

Olá, princesas! Cap. 9 saindo do forno. Espero q gostem, amores.

Estou muito atarefada no meu trabalho nesse último mês e isso tem me impedido de postar nos meus dias (terças e sextas) regularamente.

Mas vcs continuam aki, firmes. Esse bônus surpresa é uma forma de agradecer o apoio e carinho de cada uma de vcs, queridas. Meus livros estão vendendo super bem na amazon e sei q muitas de vcs compraram. Estou muito feliz e grata. Obrigada, amores! Sintam o meu abraço em cada uma de vcs!

Dedico o capítulo à linda princesa Luciana Lenhart pelo niver ontem. Muitas felicidades, querida! Bjokas!

Bom, vamos lá! Boa leitura e muitas bjokasssss

Lani

CAPÍTULO NOVE

Liam

Saí do banheiro e fiquei parado, extasiado olhando-a ainda adormecida na cama. Meus olhos bebendo cada detalhe dela. O lençol havia escorregado, deixando os peitos lindos e suculentos à mostra. Minha boca salivou e meu pau sofreu um espasmo. Ela se remexe, gemendo. O lençol escorrega completamente, deixando-a deliciosamente nua diante de mim. Aproximo-me da borda da cama. Os olhos amendoados se abrem devagar e um riso sonolento se espalha em seu rosto. Sorrio também, todo o meu corpo se aquecendo com a forma como está me olhando agora.

_ Bom dia, linda. _ sussurrei, me deitando do seu lado.

_ Humm, bom dia. _ gemeu. _ você estava aí me olhando dormir? Isso não parece justo. _ riu entre tímida e travessa.

_ É uma coisa de homem, baby. _ sorrio, me apoiando em um cotovelo e deslizo minha mão pela sua barriguinha plana. Ela estremece. _ adoro te ver dormindo na minha cama, especialmente depois que tive você gemendo no meu pau a noite inteira. _ ronrono, abaixando minha boca para a sua, beijando-a lento, gostoso. Ela eleva os braços rodeando meu pescoço e me deixa saqueá-la. _ então? _ digo, entre beijos. _ ainda quer correr para as montanhas? _ provoco e ela sorri na minha boca.

_ Não, superstar. Não depois de... Você sabe... A noite inteira. _ seu riso sacana vai direto ao meu pau e gemo com seu atrevimento.

_ Safada! Gostosa. _ chupo seu lábio inferior. _ mas é bom que não queira ir para as montanhas, porque tenho muitas habilidades, mas escalar não é uma delas, baby. _ seu sorriso amplia e suas mãos deslizam para os lados do meu rosto num toque suave. Nossos olhares se prendem e eu simplesmente não posso segurar a enormidade de tudo que sinto por essa mulher. _ eu te amo. _ digo segurando seu olhar. _ ela suspira e seus olhos amolecem com minhas palavras. Sei que ela acha que é cedo, mas não é. Isso esteve guardado dentro de nós por malditos dez anos.

_ Eu também te amo, baby. _ sussurra de volta e eu sei nesse exato momento que não importa o que aconteça, porque muita merda vem por aí, eu não vou abrir mão dela. Nunca me senti tão vivo, pleno como quando estou com ela assim em meus braços, em minha cama. _ isso é tão louco, Liam. Estamos apenas no oitavo dia.

_ Eu sei, mas é certo, Mel. _ não resisti a provocá-la. _ e você vai se cansar de contar, pois ficaremos juntos por muito, muito tempo, baby. _ deu-me um meio sorriso. _ Me diz que vai ficar do meu lado firme e forte mesmo quando as coisas ficarem loucas. _ sua expressão nublou um pouco, mas preciso ser o mais realista possível e prepará-la. _ você está certa quando diz que nossos estilos de vida são muito diferentes. Eles são, mas eu quero você na minha vida. Eu quero você permanentemente. Isso não é uma aventura para mim. Já tive muita diversão e fiz muitas merdas com tudo que o sucesso me trouxe. _ ela franziu o cenho, intrigada com meu pequeno discurso. _ eu quero tentar pela primeira vez na minha vida um relacionamento a longo prazo. E isso é só porque é você, baby. Eu não faria isso com outra. Eu nunca quis isso com ninguém mais. _ pauso um instante olhando-a intensamente, traçando o contorno da sua boca. _ você tem o meu amor. Promete que vai ficar do meu lado não importa o que aconteça?

Incontrolável (degustação)Leia esta história GRATUITAMENTE!