Oiie pessoal, como vão vocês? Todos sabem que eu amo escrever na visão do Samuel, então não podia deixar de escrever como foi a primeira vez, nas palavras dele. Tentei não repetir muitas falas, mas eventualmente isso acontece, desculpem amores, mas espero que vocês gostem ^^



~Samuel~


Hoje é o meu aniversário. Não sou muito de comemorar meus aniversários, sempre passo com a minha avó, e nesse ano ela está viajando, então não sei o que fazer.

Carol veio aqui ontem falar comigo, ela disse que tinha pensado na minha ideia dela, de fazer uma pintura para mim. Vi o que ela tinha feito no quarto dela, e queria algo assim no meu, acho meu quarto monótono demais.

- Então você tem ideia do que vai querer? - ela pergunta.

- Não tenho nada no pensamento agora.

- Se você quiser, eu dou uma olhada no seu quarto e quem sabe assim eu me inspiro a fazer alguma coisa...

- Claro... Se quiser entrar agora...

- Agora não dá, tenho que terminar um desenho para uma tatuagem de um amigo, mas amanhã dou uma olhada...

- Amanhã eu vou trabalhar o dia inteiro... e acho que devo sair pra resolver algumas coisas de tarde...

- Amanhã ia ser um dia tão bom...

- Então faz o seguinte - pego a chave reserva do meu apartamento e entrego pra ela. - Pode vir amanhã na hora que ficar melhor pra você...

- Certo, e não se preocupe, só vou olhar as paredes do seu apartamento...

- Tranquilo.

- Pois amanhã eu venho. Prometo pensar em algo bem legal, algo que vai te surpreender...

- Também espero isso.

Acho que vou chamar a Alice pra jantar comigo mais tarde, chamar a Manu também. Nada melhor do que passar o aniversário do lado das pessoas que você ama.

Amar? Sim, eu amo a Alice. Por tudo o que ela é, pela mulher maravilhosa e linda que ela se tornou, mesmo enfrentando diversas adversidades. Eu a amo, de corpo e alma.

Ainda não falei isso para ela, já ia deixando escapar algumas vezes, me aprece tão natural para mim, mas tem alguma coisa dentro de mim que me faz segurar essas palavras um pouco mais.

Estou para começar o meu trabalho quando recebo uma mensagem da minha pequena. E a danadinha tinha descoberto. Na hora do almoço recebo uma ligação dela, e pelo o que ela fala, parece que ela esta no meu apartamento.

Mas como?

Subo pelo elevador e quando eu abro a porta do apartamento me surpreendo com a minha sala tomada de velas, um cheiro maravilhoso circulava por todo o ambiente, e a mulher mais linda do mundo sentada no sofá.

Mais uma vez ela tinha me surpreendido. Estou sem palavras. Ela está tão linda, e aquilo tudo deve ter dado tanto trabalho para ela. Eu a amo tanto.

Era aquilo. E foi nesse exato momento que eu percebi que eu faria de tudo para continuar tendo ela na minha vida. Sua presença me contagiava e ela me fazia querer ser uma pessoa melhor.

Nada de me segurar mais. Vou me entregar por inteiro naquela relação e ver onde nós vamos com ela.

Sua bondade, sua inteligência, seu corpo, seu cheiro, tudo nela me atrai de uma maneira que eu não sei explicar. O que ela fez comigo eu não sei, mas tudo o que eu gostaria nesse exato momento era de tomar essa mulher para mim.

Amor na Segunda VoltaLeia esta história GRATUITAMENTE!