𝑼𝒍𝒕𝒊𝒎𝒐 𝒄𝒂𝒑𝒊𝒕𝒖𝒍𝒐

2.7K 314 159
                                    

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.


𝙈𝙖𝙮𝙖 𝘽𝙤𝙪𝙧𝙣𝙚

Alguns dias se passaram desde o ocorrido na casa de Rafe e ele está mais protetor do que nunca. Não fui mais à sua casa sozinha, só entro se estiver com ele. Depois de muita discussão decidi aceitar, afinal sei como Ward é perigoso. 

Já é quase final de tarde e Rafe e eu combinamos de fazer alguma coisa hoje a noite, aproveitar o final de semana. Termino de colocar meu shorts e pego meu telefone para verificar a hora. Já são seis horas da tarde e o sol ainda está raiando como se recém tivesse nascido, o que eu agradeço mentalmente, amo esse clima. 

Tem algumas mensagens de Rafe avisando que está no clube com os meninos. Definitivamente não vejo qual a graça de passar o dia jogando golfe, é entediante demais. Ele me envia mais algumas mensagens me perguntando se posso encontrá-los lá. 

Bloqueio o telefone e saio do meu quarto, o clube é longe, de jeito nenhum dá para ir caminhando. Entro no quarto dos meus pais e minha mãe está na frente do espelho terminando de se arrumar. 

― Pode me deixar perto do Clube? ― ela apenas me olha e assenti.

― Vai se encontrar com o Rafe? 

― Vou e voltarei tarde.

― Sem problemas. ― ela me olha e sorri. ― Podemos ir?

Concordo e nós duas saímos e descemos para a cozinha.

― Então as meninas vão sair e deixar os meninos sozinhos? ― a voz do meu pai ecoa da cozinha fazendo eu e minha mãe pararmos. 

― Aproveitem e façam uma noite dos meninos. ― minha mãe sorri para ele. ― Nós voltamos mais tarde. 

Vou até a cozinha e beijo a testa de Ben que me retribui com um beijo na bochecha. Dou apenas um pequeno sorriso para o meu pai e saio de casa seguindo minha mãe. Desde o ocorrido com a mentira de Tommy a minha relação com o meu pai nunca mais foi a mesma. 

Ela se tornou seca e superficial. Nossos olhares ficaram mais curtos, nós não conversamos mais e nos afastamos. Ele ainda prefere acreditar que Rafe é o vilão e que Tommy é o correto, não importa o que eu fale. Não que a gente tivesse uma ótima relação, mas antes era mais tranquila. 

― Entregue. ― minha mãe estaciona o carro e me olha.

― Não precisava ter me trazido aqui.

― Você estava aí perdida nos seus pensamentos, então achei melhor.

― Obrigada, mãe. ― sorrio para ela. ― Até mais tarde. 

Desço do carro e caminho até a academia do clube. De longe consigo ver os meninos treinando e falando sobre algo. Me aproximo silenciosamente e paro na porta da academia apenas observando Rafe.

 ⇨ 𝐹𝑟𝑖𝑒𝑛𝑑𝑠 • 𝑅𝑎𝑓𝑒 𝐶𝑎𝑚𝑒𝑟𝑜𝑛Onde as histórias ganham vida. Descobre agora