𝐲𝐨𝐮 𝐰𝐨𝐮𝐥𝐝 𝐤𝐧𝐨𝐰

846 46 53
                                    






















Narrador




















Qual era a probabilidade de um raio atingir a sua cabeça naquele momento?

Era a pergunta que Noah ficava repetindo em sua cabeça enquanto caminhava até a mesa de almoço com aquela família, além dessa pergunta barra desejo, ele se perguntava como foi capaz de parar naquela situação, estava prestes a se juntar para uma refeição com a família mais esquisita e suspeita que já havia conhecido na vida.

Noah olhava ao redor quando se sentava e ficava ainda mais assustado, ao seu lado direito estava Jesse, provavelmente o cara mais ignorante e sem noção do mundo, do esquerdo, Hannah, a menina que despreza qualquer um que não tenha o sobrenome Mendes, na sua frente, Elliot, o suposto assassino da sua pessoa favorita no mundo e ao seu lado, a mulher que ele ainda não sabia o nome, mas que não devia coisa boa já que até Jesse não gostava da mesma.

— Como é bom estar em casa — a mulher suspirava

— Essa não é sua casa — Jesse dizia numa risada irônica

— Jesse! — Hannah murmurava repreendendo-o, a mulher sorria para a filha

— Está tudo bem — ela ainda continha o sorriso bem estampado na cara — Quando Jesse entender que o que aconteceu foi para o bem de todos, ele voltará a falar comigo, e enquanto isso não acontecer, vou continuar aonde sempre estive, ao lado de vocês dois

Hannah abria um sorriso genuíno, ela parecia gostar da mãe, diferentemente do irmão.

— E você..... — olhava para Noah agora — É um filho de alguma das mulheres as quais você me traiu Elliot?

Noah engasgava com o suco de laranja.

Elliot definitivamente não podia ser pior, além de tudo que já estava praticamente estampado que ele havia feito, ainda tinha a parte que o mesmo estragou sua família, traiu sua mulher e fez Hannah e Jesse crescerem sem uma mãe presente e, por mais que Noah não gostasse dos dois, nunca desejaria que alguém crescesse sem algum dos pais, ele sabia o tamanho da dor de crescer sem um dos dois, não acreditava que era possível, mas sentia ainda mais ódio pelo homem a sua frente.

— Não — Elliot respondia calmamente, colocando a taça de vinho na mesa, ele parecia se controlar para não ter um ataque — Noah é um colega de classe de Hannah e Jesse, ele veio ajudar nosso filho com os estudos, Samantha

A mulher abria um sorriso sem mostrar os dentes.

— Não posso nem imaginar o porquê de ele estar aqui logo hoje, não é Jesse? — perguntava com uma pitada de veneno, era óbvio que ele estava se esquivando da mesma

— É, agenda lotada, você sabe como é — Jesse devolvia no mesmo tom

— Então, além de ensinar Jesse, você já conhecia a minha filha — fazia uma observação, Jesse olhava com diversão ao ver aonde a conversa ia — Por acaso estão juntos

Noah engasgava mais uma vez, dessa vez acompanhado de Hannah.

— Não mãe — respondia rápido como se quisesse acabar com qualquer dúvida que a mulher tivesse sobre — Nem de longe eu e Noah temos algo

𝐦𝐢𝐬𝐬𝐢𝐧𝐠 » 𝐧𝐨𝐚𝐫𝐭Onde as histórias ganham vida. Descobre agora