Tried to rape me

614 70 13
                                    

Tradução do titulo: Tentou me
estuprar.

Se você se sente mal lendo esse tipo de coisa, recomendo que pule pro aviso que colocarei quando essas cenas acabarem.

Yato ─ Abre a porta Yuri!

─ N-Não!

Yato ─ Se não abrir será pior pra você!

─ Me deixa em paz! ─ Ele começou a tentar arrombar a porta e eu corri até a sacada do meu quarto. Fechei a porta de vidro que tinha na sacada e fiquei observando-o tentar arrombar a porta. Ele conseguiu quebrar a fechadura e entrar no quarto.

Yato ─ Sem saída Yuri. ─ Ele começou a andar até a sacada e abriu a porta sem mais mais menos, foi se aproximando e eu fui chegando mais perto na grade.

─ S-Sai de perto! ─ Olhei pro lado de fora e vi um carro estacionando em frente a casa. Reconheci na hora quem desceu. ─ T-Takafumi.

Yato ─ Então esse é o nome de quem te deu aquele bicho? Bom saber. ─ Ele voltou a passar as mãos no meu corpo.

─ P-Por favor para....

Yato ─ Yuri você sabe que eu faço isso por que eu amo você não é? ─ Ele passou os lábios por meu pescoço e deixou uma mordida ali.

─ I-Isso não é amar! Você só está me machucando assim! É nojento! ─ Ele segurou meu cabelo com força.

Yato ─ Logo você vai entender meu lado Yuri, agora apenas cale a boca. ─ Tentei me soltar e comecei a me sacudir até receber um soco no estômago. ─ Fique quieto!

─ Para....

Yato ─ Eu já te mandei ficar quieto. ─ Recebi um soco nas costas dessa vez. ─ Vamos ver se assim você aprende a ficar quieto.

─ V-Você me jurou que ia ser diferente....

Yato ─ Eu quero apenas você Yuri, mas se você me evitar assim, serei obrigado a te machucar de novo.

─ É por esse exato motivo que me recuso a voltar com você! ─ Recebi mais um soco, dessa vez no rosto.

Yato ─ Cala a merda da boca. ─ Começou a me sufocar.

─ P-Para.... ─ Apertou um pouco mais forte e logo depois soltou.

Yato ─ Já te disse Yuri, serei obrigado a te machucar de novo se continuar me evitando. ─ apertou minhas bochechas e me beijou a força.

Takafumi ─ Yuri? Você deixou a por- ─ Ele olhou pra mim com uma cara de chateado. ─ Ah me desculpe, já estou saindo.

─ N-Não! Esper- ─ Yato me bateu de novo o que me fez cair.

Yato ─ Vai embora logo!

─ T-Takafumi....

Yato ─ Viu Yuri? Na primeira oportunidade ele te largou aqui.

─ I-Isso não é verdade! ─ Comecei a chorar pela dor e medo do que Yato poderia fazer. Ele voltou a passar as mãos no meu corpo e me puxou pra perto.

Yato ─ Você precisa apenas de mim. ─ Takafumi voltou pro quarto com um taco de beiseball.

Takafumi ─ É bom você soltá-lo agora.

Yato ─ E vai fazer o que? Você sabe que eu sou o namorado dele não é?

Takafumi ─ E você acha que isso te dá o direito de obrigá-lo a fazer algo?

Perfect Hijacker (PAUSADO)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora