𝑪𝒂𝒑𝒊𝒕𝒖𝒍𝒐 𝒔𝒆𝒊𝒔

4.3K 479 177
                                    

𝙈𝙖𝙮𝙖 𝘽𝙤𝙪𝙧𝙣𝙚

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

𝙈𝙖𝙮𝙖 𝘽𝙤𝙪𝙧𝙣𝙚

━ Nós combinamos de voltar para casa. ━ Ben bufa e revira os olhos.

━ Mas é só hoje, Maya. Por favor. ━ ele junta as mãos na frente do rosto.

━ A mamãe vai me matar se eu chegar em casa sem você.

━ É só não voltar para casa. ━ cruzo meus braços e fico olhando para ele séria. ━ Por favor, prometo não incomodar para sair com seus amigos mais.

Antes que eu o respondesse, Lori aparece na porta.

━ Meu filho me implorou para vir falar com você. ━ nós duas rimos. ━ Por mim não tem problema, mas se for pra você podemos deixar para a próxima. ━ ela fala sorrindo.

Olho para Ben que está com cara de choro, mas sei que isso é apenas uma armação.

━ Ok, amanhã cedo eu passo aqui para te buscar. Cedo. ━ ele sorri e me abraça.

━ Obrigada. Eu te amo. ━ abraço ele e o solto.

Ele corre para dentro de casa gritando com o filho de Lori.

━ Pode deixar que vou cuidar dele. ━ Lori sorri e eu concordo. ━ Quer que eu ligue para a sua mãe?

━ Não, pode deixar que eu ligo.

━ Amanhã cedo ele estará pronto, não se preocupe.

━ Boa noite, Lori. Obrigada.

Ela sorri e fecha a porta.

Caminho de volta para o carro e Rafe me olha confuso quando entro sem o Ben.

━ Ele vai dormir aqui. ━ Rafe ri como se já imaginasse isso. ━ Pode me levar de volta para a casa do Topper?

━ Por que vai voltar para lá? ━ ele pergunta ligando o carro.

━ Porque se eu voltar para casa sem o Ben, minha mãe vai me matar. Então, vou dizer que nós dois vamos ficar no Topper. ━ falo enquanto pego meu celular.

━ Tenho um lugar melhor para você ficar. ━ olho para ele. ━ Você vai gostar, eu prometo.

Apenas concordo e coloco o celular na orelha esperando minha mãe atender.

"━ Já estão vindo?"

"━ Não?" falo hesitante

"━ E eu posso saber onde vocês estão?"

"━ No Topper."

"━ Direto ao ponto, Maya."

"━ Podemos ficar aqui hoje? Por favor. Prometo que amanhã cedo estaremos em casa."

"━ Os pais de Topper estão em casa?"

"━ Eles vão chegar logo."

"━ E o Ben concordou em ficar aí?"

"━ Ele que pediu." ouço minha mãe suspirar.

"━ Tudo bem, amanhã cedo em casa." suspiro aliviada.

"━ Tudo bem."

━ Bom, posso saber para onde está me levando, Cameron? ━ desligo meu telefone e olho para ele.

━ Veja você mesma. ━ ele estaciona o carro.

Nós descemos e caminhamos um pouco. Rafe para e eu fico admirada com a vista.

Estamos perto de um local mais isolado da cidade, é em cima de um pequeno relevo. Daqui temos a visão do mar e do céu totalmente estrelado.

━ Isso é lindo.

━ Eu sabia que você ia gostar. ━ ele para ao meu lado com as mãos no bolso.

━ Como descobriu isso? ━ olho para ele.

━ Um dia sai sem rumo, apenas dirigindo e cheguei aqui. Costumo vir para cá quando estou cansado da vida do lado de lá.

━ Eu não tenho nem palavras.

━ Então vamos apenas nos sentar e aproveitar. ━ ele fala se sentando na grama e me olha. ━ Vai ficar aí de pé?

━ Você não tinha que ir para casa?

━ Meu pai pode esperar. ━ ele dá de ombros.

Me sento ao seu lado e ficamos um pouco em silêncio apenas admirando a vista.

Por mais que eu more aqui desde sempre, não sou muito de sair explorando os lugares, e esse lugar é incrível.

━ Já trouxe quantas aqui? ━ Rafe me olha sério.

━ Ninguém. ━ ele desvia seu olhar de mim.

━ Então estamos em um clichê onde você mostra um lugar especial para a garota favorita? ━ falo em tom de brincadeira.

━ Sim. ━ paro de rir e o olho.

Ele percebe meu silêncio e me olha.

━ Teria outra garota para ser a minha favorita, senão você?

━ Levando seu histórico em consideração...

━ Não. Não precisa levar nada em consideração, já falei que é você.

Suspiro e volto a olhar a vista.

Eu imaginei tantos momentos em que ficaria ao lado de Rafe, mas nenhum deles estava tão nervosa, e muito menos sem saber o que respondê-lo.

━ Vamos nos deitar?

━ O que? ━ olho para ele. ━ No chão?

━ Meu peito é todo seu. ━ ele sorri e se deita colocando as mãos atrás da cabeça.

Penso um pouco e me deito ao seu lado também, olho para o céu que parece estar mais estrelado do que o normal.

Aos poucos meu corpo cede e eu movo minha cabeça para o peito de Rafe.

Alguns segundos depois ele passa seu braço pelo meu corpo e me puxa para mais perto dele. Seu corpo quente pressionado contra o meu me causa arrepios.

Meio hesitante, passo meu braço por sua cintura também. Posso estar delirando, mas tenho quase certeza que seu coração se acelerou com o meu movimento.

Fico apenas ouvindo o barulho de seu coração e admirando o mar, até sentir meus olhos ficarem pesados.

━ Rafe? ━ mexo um pouco minha cabeça para olhá-lo, mas seu braço me segura no lugar.

━ Apenas relaxe, baby. Eu te acordo depois. ━ sua voz estava baixa e rouca.

Deito minha cabeça em seu peito da mesma maneira que estava antes, aperto um pouco meu braço em sua cintura.

Pensei tantas vezes em momentos como esse, e imaginei que eles nunca aconteceriam, mas estamos aqui... A sensação de ter ele ao meu lado é mil vezes maior do que imaginei. É como se meu coração fosse pular a qualquer momento para fora do meu peito.

Nesse momento, é apenas eu e ele. Não existe ninguém que possa nos atrapalhar.

Esse é um dos momentos em que fazem meu coração acreditar que ainda há algo aqui.

 ⇨ 𝐹𝑟𝑖𝑒𝑛𝑑𝑠 • 𝑅𝑎𝑓𝑒 𝐶𝑎𝑚𝑒𝑟𝑜𝑛Onde as histórias ganham vida. Descobre agora