Candy

779 89 84
                                    

Tradução do título: Doces.

Eu liguei pra Akira e expliquei a situação. Ela me disse pra ficar o mais longe possível dele, eu disse que nao não aproximaria dele até que acabasse. Eu conversei com Fumiko, já que ela também era uma ômega e eu confiava nela deixei ela cuidando dele. Passou 3 dias assim até que finalmente acabou e Michael também voltou.

─ Yuri?

Yuri ─ Hm?....

─ Está tudo bem com você agora?

Yuri ─ Estou cansado....

─ Vou te dar um banho e você pode dormir. ─ Peguei ele no colo e o levei até o banheiro. Enchi a banheira tirei a sua roupa e o coloquei lá.

Yuri ─ P-Pode deixar, eu posso tomar banho sozinho.

─ Não se preocupe, não vou te tocar em nenhum lugar se não quiser. ─ joguei um pouco de água em sua cabeça.

Yuri ─ Obrigado.... ─ Peguei um pouco de shampoo e lavei seus cabelos, eram tão macios. Lavei as suas costas e depois deixei que terminasse por conta própria.

─ Vou te trazer algumas roupas. ─ Eu comprei roupas novas desde que ele esteve aqui. Como não o levei pra ver a irmã dele antes, resolvi leva-lo amanhã. Escolhi roupas confortaveis pra ele e voltei pro banheiro. ─ vou te esperar aqui fora.

Yuri ─ Não tem problema esperar aqui, basta não tentar me atacar.

─ Tudo bem. ─ Fiquei esperando ele se vestir e saímos do banheiro. ─ Vamos comer.

Yuri ─ Mas você disse que eu poderia descansar depois de tomar banho.

─ Você não comeu direito nesses últimos dias, vai acabar ficando mal assim.

Yuri ─ Vamos logo.

─ Tá bom apressadinho. ─ Fomos pra cozinha mas não dava pra deixar ele comer besteira toda hora. O obriguei a comer frutas também, mas ele ficou emburrado comigo por culpa disso. ─ É so só fruta Yuri.

Yuri ─ Mas eu queria doces.

─ Você já comeu muitos doces Yuri, vai acabar passando mal de tanto comê-los.

Yuri ─ Mas são tão bons....

─ Outro dia eu faço algo doce pra você, vamos dormir agora.

Yuri ─ Tá bom. ─ Voltamos pro quarto pro quarto e nós deitamos juntos. Mas Yuri virou se de costa pra mim, e não me respondia de jeito nenhum.

─ Porra Yuri, assim não dá. Outro dia você come, já disse que eu faço pra você depois.

Yuri ─ Por favor me deixe comer hoje, eu juro que vai ser só um.

─ Tá bom Yuri, mas se você passar mal eu não vou fazer nada. ─ Ele comemorou em cima da cama e eu fui buscar o doce dele. Voltei pro quarto com aquele potinho de Geleia de banana e morango. ─ só pelo amor de Deus não coma o pote todo, ou pode realmente passar mal.

Yuri ─ Quero apenas um pouco. ─ Deu uma corelhada no doce levando até sua boca. ─ Não quer um pouco? Isso é muito bom!

─ Não quero Yuri, apenas coma isso de uma vez.

Yuri ─ Por favor, só uma colherzinha. ─ Ele encheu a colher de doce e me deu na boca. ─ Você ficou vermelho? Que fofo! ─ Deu um sorrisinho no final.

─ Tudo bem, já chega de doce por hoje.

Yuri ─ Tá bom. ─ Peguei o pote da mão dele e levei pra cozinha. O que diabos esse garoto fez comigo?

Perfect Hijacker (PAUSADO)Onde as histórias ganham vida. Descobre agora