𝑪𝒂𝒑𝒊𝒕𝒖𝒍𝒐 𝒕𝒓𝒆𝒔

5K 476 303
                                    

𝙈𝙖𝙮𝙖 𝘽𝙤𝙪𝙧𝙣𝙚

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

𝙈𝙖𝙮𝙖 𝘽𝙤𝙪𝙧𝙣𝙚

Eu e Tommy resolvemos se sentar um pouco na beira da praia para relaxar um pouco e aproveitar nosso tempo a sós. Ele teve um dia estressante e cansativo, precisa apenas se distrair.

Nós caminhamos e nos sentamos perto do mar. O barulho das ondas é como se fosse um calmante. Tommy começa a falar sobre o seu dia e eu me esforço ao máximo para absorver cada detalhe. 

Ele é um cara incrível, desde o dia em que nos conhecemos ele sempre foi educado, gentil, paciente… Há tantas qualidades para falar sobre ele que eu me perderia se fosse falar todas. 

Uma parte de mim aguarda desesperadamente que eu o ame com todo o meu coração, que aquela parte ocupada por Rafe seja ocupada por Tommy algum dia. 

Ele sempre foi cuidadoso com suas palavras e seus atos perto de mim, meus pais não poderiam ter ficado mais felizes quando o conheceram. Eles também fazem questão de sempre ter Tommy presente em todas as datas. 

Ele entrou tão fácil na minha vida, se misturou facilmente com meus amigos e minha família, é como se ele fosse um anjo. Ele me traz paz e me acalma nos dias difíceis, tinha tudo para ser o relacionamento perfeito… mas há o Rafe.

Meu coração insiste que ainda há alguma coisa para aproveitar desse sentimento, uma coisa que me deixa presa a ele. 

━ Posso te fazer uma pergunta? ━ olho para Tommy.

━ Claro que pode.

━ É sobre o Rafe. ━ meu coração se acelera. ━ Ele parece não gostar de mim, e eu já percebi isso faz alguns meses.

━ É o jeito do Rafe, ele não gosta de ninguém. ━ rio e olho para o mar. 

━ Isso não é verdade, dá para ver nos olhos dele que ele gosta de você. ━ olho rapidamente para Tommy. ━ Ele gosta de você, do Topper e do Kelce. ━ solto a respiração que nem tinha notado que estava presa e sorrio fracamente.

━ É, bem… Nós crescemos juntos. 

━ Só não quero ficar no meio dos seus amigos, sabe? Atrapalhar as suas amizades. 

━ Fique tranquilo, é só o jeito dele. 

━ Se você diz. ━ ele sorri e me beija.

Seus beijos são sempre delicados e calmos, como se um movimento brusco fosse me quebrar. 

Eu queria apenas fechar meus olhos e aproveitar esse sentimento, mas minha cabeça está em Rafe. Por um momento, fico desejando que fosse ele aqui, mas não é. Não posso simplesmente ignorar a realidade, como já fiz muitas vezes.

━ Está ficando tarde. ━ Tommy olha para seu telefone e me olha novamente. ━ Por mais que eu ame ficar aqui com você, porque me lembra quando nos conhecemos, tenho que te levar para casa. 

━ Já se passou meses que nos conhecemos e você sempre fala isso. ━ falo rindo.

━ O que? Seria um crime eu me esquecer do primeiro dia em que te vi. ━ olho para ele com um pequeno sorriso. ━ Você estava perfeita aquela noite… Não que você não esteja agora. ━ ele passa seu braço por meus ombros. ━ Mas aquela noite é inesquecível. 

Meu sorriso aumenta e eu o beijo. Ele sempre consegue tirar esses sorrisos bobos de mim… Sempre fazendo questão de me lembrar o quão linda eu estava no dia em que nos conhecemos.

Era só mais uma festa normal na praia, ele recém tinha chegado a Outer Banks e nós nos encontramos. Fomos apresentados por alguns amigos, desde o primeiro dia ele me olhou como se eu fosse uma joia. 

Ele se levanta e me puxa pela mão me ajudando a me levantar. Nós tiramos os resquícios de areia do corpo e fomos para o carro. Um vento mais gelado já está soprando na beira da praia. Tommy parece notar e me abraça mais forte enquanto caminhamos.

Dentro do carro está um clima perfeito. Meu corpo parece relaxar quando me sento no banco. Mesmo o dia ter sido totalmente vago e apenas diversão, foi cansativo. A única coisa que quero é o meu chuveiro e depois a cama. 

A volta é calma e silenciosa, não há muitos carros na rua, assim levando a volta ser bem rápida. Uma música suave toca no rádio, me levando a ter mais sono.

━ Pode dormir se quiser. ━ Tommy me olha brevemente. ━ Te carrego para dentro depois. 

━ Eu ainda preciso tomar banho. ━ olho para ele com um pequeno sorriso.

━ Não vamos demorar para chegar, logo você vai poder descansar. 

Concordo e olho para a janela novamente, apenas uns dois minutos e já estaremos na minha casa.

━ Tenho um convite para te fazer. 

━ Humm, que convite?

━ Vai ter um jantar lá em casa, é de negócios, mas meu pai falou que eu poderia convidar você. Sei que é chato, mas depois podemos sair e fazer algo legal.

━ Claro que irei. Só me avisar o dia e o horário certinho. ━ ele sorri.

━ Parece que seus pais ainda estão acordados. ━ ele estaciona na frente da minha casa e vejo que a luz da sala ainda está acesa. 

━ Devem estar vendo algum filme com o Ben. 

Nós descemos do carro e andamos até a porta da frente. Pego minha chave da bolsa e abro a porta.

━ Olha só quem está em casa. ━ meu pai me olha.

━ Desculpe o horário, Senhor Bourne. ━ Tommy fecha a porta.

━ Pra você é Peter. ━ meu pai vem até ele sorrindo e aperta a sua mão. ━ Ela estando com você eu não me importo. 

━ Tommy!! ━ Ben vem correndo até ele e o abraça. 

━ Eu amo como a minha família prefere o meu namorado. ━ eles me olham e dão risada. 

━ Você deveria ficar feliz. ━ minha mãe vem e coloca suas mãos nos meus ombros. ━ Está super bronzeada. 

━ E cansada. Parece que passei o dia fazendo uma maratona. ━ ela ri. ━ Se não se importar, eu vou subir e tomar um banho. 

━ Claro, querida. Vá lá. 

━ Eu vou indo também. ━ olho para Tommy. 

━ Pensei que ia ficar. 

━ Eu prometi pro meu pai que o ajudaria amanhã com algumas coisas. Desculpa.

━ Não, sem problemas. ━ caminho até ele e o empurro levemente para longe do meu pai. ━ Se me derem licença, irei levar meu namorado até o carro. 

Meus pais dão risadas e se despedem dele. Nós saímos para a rua e ele se vira colocando suas mãos na minha cintura.

━ Desculpe por não ficar. 

━ Não precisa se desculpar. ━ ele sorri e me beija.

━ Ficar esse tempo com você hoje foi ótimo, obrigado. 

Sorrimos e nos beijamos novamente. Ele se afasta e vai em direção ao seu carro, ele me olha uma última vez antes de entrar. 

Eu queria tanto te amar completamente...

 ⇨ 𝐹𝑟𝑖𝑒𝑛𝑑𝑠 • 𝑅𝑎𝑓𝑒 𝐶𝑎𝑚𝑒𝑟𝑜𝑛Onde as histórias ganham vida. Descobre agora