A secretaria da minha escola

5.4K 118 0
                                    

Estudo em um instituto bem rígido e puxado, minhas aulas é quase todos os dias tirando apenas o domingo. Começamos de 7h e terminamos de 18h, tendo um intervalo de 1h pro almoço e de 20 mint a tarde pra lanchar, nesse horário do almoço eu sempre dou uma cochilada em uma sala que tem nessa escola, não vai quase ninguém a não ser eu e uma amiga.
Acordei em um dia de quinta-feira atrasada com o horário, me arrumei e sair correndo de casa, peguei um Uber e fui para a escola, chegando lá o segurança pediu para subir e ir na secretaria para falar com a secretaria e dizer o motivo do atraso, chegando lá vi que não era a velha que sempre estava lá, e sim uma mulher mais ou menos nova, porém é muito linda.

-"oi, licença me mandaram subir pra relatar o motivo do meu atraso.
-"ah sim, entre. me chamo Paula sou a substituta da secretaria de antes. bom, qual foi o motivo do seu atraso?
-"pra ser sincera dona paula...
-"só paula kkk não sou tão velha
-"desculpa, paula. pra ser sincera eu que dormi demais...
-"hmmm, entendo, essa hora não dar mais para entrar na aula, então, você fica aqui fora e espera dar o horário do almoço, ai você entra pra sua aula técnica.
-"mas ainda são 9h
-"pensasse nisso antes de não acordar
-"tá né
-"sem barulho pelos corredores, se não irei te punir
-"ou... ok (sentir uma pressão sexual nessa hora)

Sair da sala dela e fui para aquela sala que falei, fui pra lá mexer no celular, fiquei um tempo deitada, então decidir me desestressar e fui bater uma siririca.
deitei de costas pra cima, encaixei meus dedos dentro da saia e comecei a me masturbar, colocando a mão na boca pra não gemer alto, enquanto me tocava, eu pensava naquela secretaria me fudendo.

-"aaahm, que delícia"

Quanto mais eu me fudia, mais eu pensava nela. não fazia a mínima ideia do porque, mas isso me dava mais tesão.
Estava lá fazendo o belo do trabalho, quando sentir alguém botando seus dedos na minha buceta, e se deitando por cima de mim colocando a mão na minha boca. eu fiquei apavorada, achei que era algum homem que me viu daquele jeito e tentou se aproveitar. como estava de costas não dava pra ver quem estava por cima de mim, só escutei quando disse...

-"sem barulho nos corredores.

puta que pariu, identifiquei logo que era a secretaria nova, me acalmei e comecei a relaxar

-"que menina safada, pedi pra esperar a hora da sua aula e você vem bater uma na salinha que eu f1, esperta confesso...
-"hmmammm (gemi abafado)
-"colei os olhos em você já faz uma semana, andando pelos corredores com essa saia rodada e essa camisa transparente mostrando seu sutiã, me deixava louca de tesão! e agora, você estar aqui, de buceta virada para mim... te escutei gemendo gostoso quando estava entrando. só de escutar me deu uma vontade enorme de te fuder, você quer?
-"hmrm aahm
-"sem gemer alto, se não vou ter que te punir. sua safada!

ela me virou, me colocou de frente a ela e começou a me fuder, um... dois... três... dedos dentro de mim, e o seu polegar no meu clítoris, aquela mulher era incrível com as mãos.

-"tá gostando safada?
-"sim aahm
-"isso quero gemendo baixinho no meu ouvido...

ela veio até a mim e me beijou, me beijava e me tocava ao mesmo tempo, ela mordia a minha boca toda vez que eu gemia alto, uma sensação de dor e tesão ao mesmo tempo. Ela começou a ir rápido na penetração do seus dedos, me fazendo não ter como não gemer alto...

-"isso, assim aaaahmmm me fode mais vai
-"baixo garota, se não nos fudemos
-"então não para, eu quero gozaahmmm ai que delícia... aaahm vai vai aaaaahmmmmmm (coloquei a mão na boca e gozei) aahm isso foi muito bom kkk
-"foi né, chupa meus dedos gozados agora vadia

Lésbicas +18 Onde as histórias ganham vida. Descobre agora