Capítulo 4

5.2K 775 209
                                    

Não falamos sobre.

Nenhuma palavra sequer.

Eu peguei no sono e quando acordei ele ainda dormia, me vesti, voltei ao quarto da Wheezie tomei um banho quentinho e fui tomar café da manhã com a minha tia enquanto ela preparava a mesa.

O resto do dia eu agi normalmente ajudando nos preparativos e tranquilizando a aniversariante que cismou que tudo vai acabar em briga já que Sarah convidou os novos amigos.

De acordo com ela é uma péssima ideia ter kooks e pogues em uma festa.

O pior é que eu concordo totalmente.

Mas menti dizendo a ela que tudo vai dar super certo.

Agora estou aqui vestindo esse vestido longo vermelho ombro a ombro com uma venda que chega ao topo de minha coxa.

Muito gostosa e chique pra uma festa infantil por motivos de que dificilmente terei outra oportunidade próxima para usá-lo.

— Isso tudo é pro meu irmão?

Revirei os olhos com a garota que acha que o meu mundo gira em torno de Rafe Cameron.

— Isso tudo é pra eu gostosa que quer arrumar um marido rico — Brinquei com Wheezie passando mais uma camada de máscara de cílios — Quer ajuda com isso?

Perguntei sobre o prendedor de cabelo que ela tinha em mãos.

— Era da minha mãe — Falou olhando para o objeto brilhante — Sarah me deu de aniversário, disse que é como ter um pedaço dela comigo.

— Isso é muito legal, é muito bonito inclusive — Elogiei.

Ela se aproximou de mim ficando de frente ao espelho.

— Você acha que ela ia gostar de mim assim? Eu sou tão diferente da Sarah.

— Você é mais bonita.

— Não estou falando apenas disso, Alina.

— Whels, você é a garota mais gente boa que eu conheço, é esperta, independente e me mete em aventuras maravilhosas o tempo todo — A abracei de lado — Tenho certeza de que ela é a pessoa mais orgulhosa entre todos os mundos por ter tido a chance de deixar você para mudar a vida de tantas pessoas, para melhor é claro.

— Você acha mesmo?

— Eu tenho certeza.

— Pode colocar pra mim?

Peguei o pequeno prendedor e separei uma mexa fina de seu cabelo a puxando para trás deixando o acessório prender os fios de lado.

— Ficou lindo — Sorrimos juntas na direção do espelho.

— Eu senti a sua falta — Admitiu.

— Também senti a sua, o tempo todo.

Baby Sister - Rafe CameronOnde as histórias ganham vida. Descobre agora