Capítulo 2

5.1K 788 557
                                    

Enchi o copo com água e bebi parte do liquido rapidamente para saciar minha cede, enrolando para voltar para cama me encostei no balcão tomando pequenos goles do líquido restante.

Lavei o copo vazio e o coloquei de volta no armário antes de sair da cozinha de volta para a sala escura dos Cameron.

É tão estranho pensar que John B tem morado aqui e é uma espécie de adoção de Ward Cameron, na verdade, eu não acredito nada que isso seja realmente pelo bem do garoto.

Durante o jantar hoje tudo me pareceu ainda mais falso e superficial, muito falso e superficial.

— Está tentando matar alguém do coração?— Perguntei colocando a mão sobre o peito assustada com Rafe Cameron sentado em meio aos degraus da escada.

— Eu pareço querer matar alguém?

— Nesse momento? Sim.

— Você cortou o cabelo.

— Sabe como é, entre fazer terapia e enlouquecer eu prefiro mudar o cabelo.

— Fica bom em você.

Ele está flertando comigo mesmo depois de dizer que eu não sou nem um pouco especial ou eu estou novamente precisando mudar o cabelo?

— Não ficava antes?

Aí merda, eu demonstrei interesse.

— O que eu devo responder? Não me lembro muito bem.

Dei risada subindo as escadas.

— Vai negar que tem sonhado comigo desde que eu fui embora?

— Desde que eu deixei você ir embora, se eu tivesse insistido um pouco mais você teria ficado.

Me sentei ao seu lado no mesmo degrau.

— Nem você acredita nisso.

— Na verdade eu acredito sim.

— Cada idiota com as suas idiotices.

— Esse tipo de conselho é ensinado na universidade quando seus pacientes querem desabafar?

— Você quer desabafar?

Olhei para ele com atenção pronta para ouvir tudo o que ele quisesse falar, deixando de lado todas as brincadeiras.

— Não — Rafe desviou seus olhos para os meus.

— Tem certeza? Nada de novo que tem mexido com você? Mudanças podem deixar detalhes que é preciso dizer para entender.

— Tá querendo saber se eu tenho uma namorada, Ali?

Ahn?

— Não foi isso que eu perguntei.

— Não precisa se envergonhar, se quer saber é só perguntar.

— Você não tem uma namorada.

— Como pode ter tanta certeza?

Wheezie me disse.

Ela contou achando que isso seria um motivo pra eu vir.

Mas eu voltei por ela.

E pra usar um vestido chique que eu comprei e não tinha onde usar, detalhes.

Detalhes da minha vida de rica.

— Tenho um sexto sentido.

— Vai me dizer o porquê de você ter voltado, por ter vindo logo agora.

— Não fui convidada para uma festa antes então vim apenas agora.

— Tem certeza que voltou só por isso?

— Pelo que mais eu viria?

Rafe segurou meu rosto e beijou meus lábios me surpreendendo com o ato repentino.

— Por isso — Ele afirmou antes de me beijar mais uma vez, fechei os olhos deixando seus lábios envolverem os meus.

Esse é o momento que você me leva para conhecer o seu quarto?— Minha voz soou em um sussurro sentindo sua respiração bater contra o meu rosto.

Não achei que fui oferecida ou algo do tipo, apenas uma pessoa objetiva, uma pessoa que está esperando isso a bastante tempo.

— Pode ter certeza que sim.

Baby Sister - Rafe CameronOnde as histórias ganham vida. Descobre agora