Capítulo 37

4.9K 730 208
                                    

— Não sei como você tem a capacidade de dizer que eu te provoco — Ouvi Rafe dizer quando entrou na cozinha.

— Estou fazendo uma sopa de alho com gengibre, isso na minha opinião está bem longe de ser provocação — Respondi continuando a mexer na panela.

— Temos pessoas pra cozinhar, pessoas que são pagas pra isso — Senti os braços do garoto ficando em volta da minha cintura, péssimo momento o que eu escolhi prender os cabelos e trocar meu vestido por aquela mesma camisa que não devolvi.

— Você não tem noção do quanto de coisas eu não sou paga para fazer e faço mesmo assim — Falei rindo de nervoso quando o senti mordiscar minha orelha — Da pra parar? Eu tô ocupada.

— Se a Wheezie não tivesse atrapalhado você estaria muito ocupada, só que de uma forma melhor.

— Mas não aconteceu — O afastei com a mão — E eu não quero ser a garota que fica se agarrando com o filho do patrão, então vai dar uma volta.

Depois que Rafe pegou uma cerveja e saiu uma reflexão passou por minha cabeça.

Quando foi que chegamos a esse ponto se eu nunca se quer o beijei?

Eu posso garantir que eu muito beijoqueira e que é totalmente fora do meu padrão de ser ter tanta intimidade com alguém que eu nem beijo na boca.

— Isso tem um cheiro horrível — Wheezie disse para a tigela de sopa enquanto eu fechava as janelas do seu quarto.

Minha mãe sempre diz que sopa de alho é a melhor coisa para resfriados.

— Come e fica debaixo do cobertor, você vai se sentir péssima, mas amanhã já vai estar melhor — Aconselhei.

— Você vai ficar aqui?

Me sentei ao seu lado na cama.

— O tempo todo.

Baby Sister - Rafe CameronOnde as histórias ganham vida. Descobre agora