━━ 19.

7.2K 1K 1.5K
                                    

𝗔𝗩𝗘𝗥𝗬

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

𝗔𝗩𝗘𝗥𝗬.

O exato tempo que termino de passar a última levada da chapinha no cabelo é a que meu celular vibra com a mensagem de Eleanor, avisando que já haviam chegado na arena onde ocorreria o jogo dos meninos e que estava nos esperando. Não sei como, mas ela havia conseguido meu número e passou para as outras meninas que estavam no dia da praia. Só não reclamei porque elas eram maneiras pra caralho. Com um dia que conseguiram meu número, criaram um grupo e adicionaram até mesmo Sarah, que nem estava presente na hora do meu showzinho envolvendo bodyshot.

Ah, merda, não posso pensar nisso.

Tento levar minha mente pro foco de que precisava terminar de me aprontar logo. Mas, quando minhas mãos tocam o frasco do meu perfume, automaticamente minha cabeça de volta na sensação da língua de Rafe tocando meu corpo. Como ele segurava firme na minha cintura para me manter no lugar, a forma que ele tirava todo o álcool da minha pele como se fosse radioativo. Faltou pouco pra caralho para que ele deixasse marcas de chupões sobre mim pela seriedade que levou a brincadeira. Não sei se por não gostar de ter desafiado, ou simplesmente por guardar há tempos a vontade de beijar cada metro quadrado de mim. Então, quando fecho os olhos, a imagem perfeita de seus olhos azuis fixos nos meus enquanto desce a boca na direção da minha calcinha está grudada nas minhas pálpebras. Eu gemo de frustração. Ótimo, estou excitada. Minutos antes de vê-lo detonando todo mundo no rinque de gelo, estou excitada.

Fito as horas na tela do celular e definitivamente não dá tempo de eu me satisfazer antes de fingir que não quero que ele me coma em todas as posições existentes. Respiro fundo, e me salvando dos pensamentos sujos que começam à rondar minha cabeça, Sarah sai de dentro do banheiro, já com a maquiagem leve preparada.

⏤ Tá pronta? ⏤ assinto.

⏤ E a Kiara? ⏤ pergunto, escondendo meu celular dentro da minha bolsa.

⏤ Vai encontrar com a gente lá ⏤ ela passou na minha frente, digitando na tela do próprio telefone. ⏤ ficou meio enrolada no laboratório.

Balanço com a cabeça positivamente. Ao menos, eu teria minhas meninas por perto hoje. Não teria tempo de pensar baixarias enquanto todo mundo está gritando pros times no rinque.

Assim eu espero.





O time dos meninos estava dando uma surra no rival. Eu quase fico surda com os gritos altos e incessantes vindos de Sarah e Kiara. Não posso julgar nenhuma delas, afinal, eu também sentia minha garganta arranhar pelos berros de empolgação que dava. Acho que fico ligeiramente nervosa demais quando se trata de competições, ainda mais quando há conhecidos meus no meio. Todas as meninas estão eufóricas demais. Eleanor trouxe um estoque de garrafas d'água e já acabou com três garrafinhas delas. Seu namorado era o único do time rival, então, ela gasta tempo demais passando nervoso e xingando os jogadores do time dos meninos, inclusive os próprios meninos. Eu quase me engasguei de rir ouvindo-a chamar Rafe de projeto de brutamonte. Queria concordar com ela, mas a realidade é que ele era mesmo um brutamonte. Puta merda, ele é grande até demais.

𝐓𝐎𝐗𝐈𝐂, 𝗰𝗮𝗺𝗲𝗿𝗼𝗻. ✓Onde as histórias ganham vida. Descobre agora