━━ 6.

8.5K 1.1K 2.9K
                                    

𝗔𝗩𝗘𝗥𝗬

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

𝗔𝗩𝗘𝗥𝗬.

Acho que nunca andei num carro tão cheio na vida.

Dentro do SUV preto do irmão de Sarah, absolutamente todos nós estávamos socados ali dentro. Eu não estou falando da boca pra fora. Enquanto Rafe dirige, Kiara está no colo de Sarah no banco da frente. Atrás, Pope está sentado na ponta esquerda e John B. sentou no meu colo, que estou encostada na porta da ponta direita. E, espremido no meio de nós e basicamente colado em mim, JJ tem dois engradados de cerveja no colo. Eu repensei inúmeras vezes durante todo o trajeto em como seria passar a vida na cadeia após quebrar todas aquelas garrafas em sua cabeça por ele literalmente não calar a boca. Aparentava estar animado pra festa, pois pelo que eu ouvi da boca de John B., Alisha tinha espalhado para as suas amigas – consequentemente, pra faculdade inteira – que queria terminar a noite na cama do meu ex.

Não é como se eu tivesse ciúme ou borbulhasse de raiva por isso, mas sim pelo fato de ele estar se vangloriando por uma menina ser tão ingênua em querer sentar no seu pau pela primeira vez. Tenho receio de me envolver com homens justamente por isso; os comentários futuros que meu nome pode estar envolvido. Não tenho sangue de barata, mas também, não poderia simplesmente acabar com a noite por jogar JJ pra fora de um carro que nem era meu.

Em compensação, Sarah e Kiara intercalavam em escolher as músicas que estavam conectadas pelo Bluetooth do celular de Kiara. As batidas me animavam um pouco. Precisava mesmo ter uma pequena dose de esquecimento que a porra do meu ex estava sentado do meu lado, batendo no peito em como comer calouras era divertido. Puta merda, como um dia eu pude endeusar a imagem desse cara na minha cabeça? Pensar que eu apresentei o imbecil pros meus pais era nojento. Bom, o que meu pai sempre disse é que tudo serve de lição. Aprendi que não posso levar qualquer idiota que me faça gozar pra jantar na minha casa e conversar sobre hóquei com meu velho.

Além disso, os olhares que Pope me lançava vez ou outra amenizavam a minha raiva, dando lugar ao tesão. Cara, o perfume dele empesteou em todo o carro. A corrente prata que está pendurada em seu pescoço e cai sobre a camiseta preta que marca bem seu corpo forte de jogador. O brinco brilhante em uma das orelhas, o cabelo exageradamente arrumado e a tensão sexual que emana só de lançar sorrisinhos pra mim me faz querer morrer. Eu não podia acreditar que um homem como ele estava afim de mim.

Rafe estaciona o carro em frente à grande casa de Alisha. Cacete, por que todas as pessoas que estão naquela universidade sem bolsa como eu esbanjam tanto luxo? Porra, a casa de Alisha era completamente feita de vidro. De fora, pudemos ver a festa acontecendo lá dentro, até mesmo algumas pessoas encostadas no vidro se beijando ou bolando um baseado. Faço uma careta. Não quero nem imaginar como o odor lá dentro está.

⏤ Cara, hoje eu só saio da cama de Alisha Elliot carregado. ⏤ JJ agarrou os ombros de John B, que deu uma risada fraca.

𝐓𝐎𝐗𝐈𝐂, 𝗰𝗮𝗺𝗲𝗿𝗼𝗻. ✓Onde as histórias ganham vida. Descobre agora