• Cap 47 •

2.1K 211 85
                                    

3/4

(S/n) Parker
Seattle
14.07.2019

- Amor, acorda!... Falo feliz balançando Vinnie que acorda com um susto.

- O que foi?... Ele fala espantado.

- FELIZ ANIVERSÁRIOOO... Falo feliz e subo em seu colo.

- S/n você me deu um susto, achei que tinha acontecido alguma coisa... Ele fala a cai na cama.

- Por isso que você queria vir pra cá né?... Falo ainda em cima dele.

- Sim, ano passado eu não passei o meu aniversário com os meus pais. Aí eu vim pra cá. Mas quando a gente chegar o Jordan e o Kio provavelmnte vão fazer uma festa pra mim que nem no ano passado... Ele explica.

- Que fofo da sua parte amor, eu estava pensando em fazer isso também!... Falo e ele me olha assustado.

- Você vai voltar para o Brasil?... Ele pergunta.

- Não kkkk quando chegar meu aniversário estava pensando em fazer uma festa e chamar meus tios para virem pra cá, se eu tiver que ir para o Brasil você vai comigo mocinho... Falo e dou um selinho nele.

- Ata, e tá chegando seu aniversário também. O aniversário vai ser seu mas a gente podia dar o presente que o público tanto quer né!?... Olho confusa pra ele... - A gente pode falar que está namorando nesse dia o que você acha?.

- Gostei, vamos fazer isso sim. Isso se estivermos juntos até lá ne... falo provocando.

- Tá maluca? Claro que vamos estar juntos até lá, e depois também... Ele diz se levantando e me beija.

- Sua mãe deve estar esperando vamos... Falo me levantando mas Vinnie me segura.

- Peraí peraí, me dá mais um beijo vai... Ele fala e me puxa para mais um beijo. Ele começa a descer as mãos até minha bunda mas eu já sei onde isso vai dar e paro o beijo.

- Vamos logo, seus pais já devem estar esperando... Falo e me levanto de seu colo.

- Você é muito sem graça... Ele fala, por que eu saí de cima do seu colo.

- Não se preocupa que mais tarde a gente comemora do jeito que você quiser... Falo com um sorriso malicioso.

- Eu vou cobrar então... Ele levanta e vai para o banheiro. Saio do quarto e vou até a cozinha.

- Bom dia, ele já está acordado daqui a pouco ele tá aqui... Falo.

- Nate pega as velas... Maria fala e Nate vai até uma das gavetas da cozinha.

Estava indo tudo bem, mas Megan ainda não gostava nada da minha presença. Toda vez que eu falava alguma coisa ela fazia uma cara de tédio, não queria ser grossa com ela, e eu entendo que ela gosta muito da Nailea, mas não precisa me tratar daquela forma.

Vinnie chegou na cozinha e nós cantamos parabéns pra ele. Maria abraçou o filho que sorria como nunca. Nate e Reggie fizeram o mesmo, depois Megan abraçou também.
Por fim Vinnie me abraçou e me girou no ar.

- Obrigada gente, eu amo muito vocês... Vinnie fala com o sorriso que eu amo.

- Voce merece filho... Nate fala feliz e mais uma vez abraça o filho.

- Vamos sair para comprar algumas coisas, vamos fazer um almoço para comemorarmos... Maria fala e pega as chaves do carro.

- S/n e Megan vocês fiquem aqui. Arrumem algumas coisas que nós quatro já voltamos... Nate fala e os quatro saem.
Minha respiração ficou ofegante, eu teria que ficar sozinha com ela aqui, olhei pra ela de canto e vi que ela não gostou muito da ideia.

A casa ficou um silêncio absoluto, olhei para ela que me fuzilava com os olhos. Desviei o olhar e começei a arrumar as coisas.

- Eu realmente não sei o que ele viu em você!... ela fala e se senta na cadeira da mesa.

- E eu realmente não sei por que você me odeia tanto!... Falo e ela me lança um olhar como se fosse óbvio o motivo.

- Você não tem graça, toda tímida e sem sal. Está bem específico que a Nai é bem melhor que você. Você chegou de paraquedas, não tinha que estar aqui... Ela fala e meu sangue começa a ferver.

- Olha Megan, eu entendo que você não gosta de mim, mas não precisa me ofender. Eu não cheguei de paraquedas, pelo contrário, eu e Vinnie nos conhecemos desde a primeira vez que fui para Los Angeles. Ele e a Nai namoraram mas eu não tive nada haver com o término. Eles terminaram e eu cheguei um mês depois e demorou um tempo para eu e Vinnie assumirmos que gostávamos um do outro. Entao mais uma vez, eu não tive nada haver com o término deles. Você como a prima mais próxima dele, deveria estar feliz por ele finalmente estar feliz denovo. Você sabe que Vinnie tem uma quantidade imensa de fãs, e a grande maioria são aquelas que acham que fazem ele feliz. Ele recebe diversas ameaças por estar com outro alguém que não seja uma delas ou com a Nai... Falo alterando meu tom de voz enquanto ela me olha assustada... - Eu não vou te obrigar a gostar de mim, mas eu não vou deixar você me tratar assim por causa do término deles. Ele está feliz comigo. E mesmo você gostando ou não, vamos permanecer juntos... Meu olhos se enchem de lágrimas e vou para o quarto.

Respiro fundo tentando controlar minha respiração e meu choro, mas não adiantou. Lavei meu rosto na pia do banheiro e me deito na cama.

Vinnie Hacker
Seattle

Eu, Reaggi e meus pais fomos no supercado para comprar algumas coisas. Minha mãe estava tão animada quanto eu. Não demoramos muito, mesmo por que tem duas ferinhas em casa e não queria ter deixado elas sozinhas.
Assim que chegamos Megan estava sentada no sofá mexendo no celular, olhei em volta mas s/n não estava.

- Cadê a s/n?... Pergunto olhando pra ela.

- Tá lá no seu quarto... Megan responde sem importância.

Caminho até meu quarto e abro a porta devagar.

- Eii, por que tá aqui sozinha?... Falo entrando. Ela estava com uma cara de choro e eu já entendi o que aconteceu... - O que foi que ela falou?.

- Esquece, ela não gosta de mim. Não vou obrigar alguém a gostar de mim... Ela fala com a uma voz de choro.

- Você tá comigo! Você Está feliz e eu também e é isso que importa! Amanhã já vamos voltar pra Loa Angeles e vai voltar tudo ao normal... Falo e ela me abraça.

- Você prefere ela ou eu?... Ela pergunta.

- O que foi que voce bebeu? Tá ficando maluca? Claro que eu prefiro você. Você que me faz feliz. *estava tocando música romântica gente, sorry. Minha playlist as vezes não ajuda kkkkk*

- Ah que bom... Ela fala com um tom aliviado.

- Vem, minha mãe já vai fazer o almoço.

/•••/

Gente eu ia escrever o hot, mas ia demorar demais para sair o cap e eu ainda tenho que começar a escrever o próximo. Entao vai da imaginação de vocês como eles se divertiram depois kkkk acho que daqui a pouco sai o próximo cap, ou então mais de noite.

Não esqueçam de votar e comentar

Até o próximo capítulo

- Fuck Girl

A Proposta - Vinnie Hacker, S/N Onde as histórias ganham vida. Descobre agora