T h i r t y T h r e e

25K 2.7K 4.8K
                                    

SIENNA DEVORA, point of view.

Capitulo ficou grande de mais por causa do hot, desculpa :/

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

Capitulo ficou grande de mais por causa do hot, desculpa :/

Kio me empurra contra a parede, e juntando nossos lábios em um beijo rápido, enquanto vai descendo suas mãos por meus quadris, as parando em minha bunda, me fazendo suspirar com o aperto forte deixado no lugar.

A uma hora atrás depois do meu encontro com Vinnie, desci as escadas e encontrei Cyr encostado no balcão, tomando sua décima latinha de cerveja. Antes de sermos interrompidos por Vinnie se jogando entre nós, eu já havia sacado as intenções de Kio quando o garoto me encarou, enquanto dava um fora em uma morena com as seguintes palavras:
'Foi mal aí, mas já estou guardando meus lábios para outra garota.'

Nailea que estava ao meu lado surtou e me deu um beliscão na cintura, sussurrando em meu ouvido que se eu não pegasse Kio, iria estar sendo muito besta.

- Você quer subir? - A voz abafada de Cyr faz cosquinha em meu pescoço, onde o garoto esta com os lábios.

- Hoje não, quem sabe outro dia. - Respondo e o garoto volta sua postura ao normal, me olhando nos olhos.

- Você sabe que a gente não precisa transar né. - Ri com humor e sinto minhas bochechas esquentarem.

Ainda é estranho falar sobre sexo com algum garoto qual eu não tenho muita intimidade.

- Sei disso, mas ainda prefiro ir dormir em casa mesmo. - Digo e Kio apenas concorda com a cabeça, juntando nossos lábios mais uma vez.

- A Olivia está procurando você. - A porta da dispensa abre, e a voz grossa de Vinnie soa pelo pequeno cômodo. Antes que Kio possa responder alguma coisa, a porta é fechada novamente em um estrondo.

- Acho que ele esta puto. - O moreno, diz se afastando e reviro meus olhos.

- Ele não tem que ficar bravo com nada. - Respondo e Kio ri.

- Se você diz. - Dá de ombros e um silêncio estranho paira no ar. - Bom..

- Eu já vou indo lá pra fora - Falo sem jeito e Kio se aproxima, me beijando mais uma vez.

Os lábios dele são doces e ao mesmo tempo tem gosto de álcool, o que só deixa o beijo mil vezes mais gostoso.

Kio Cyr é um gostoso.

- Agora você pode ir. - Ri me soltando e concordo com a cabeça, me afastando e saindo da dispensa.

- Deveria limpar o resto de batom da sua boca, isso esta horrível. - Vinnie, diz quando me sento entre ele e Reggie no sofá.

DIARY | vinnie hacker Onde as histórias ganham vida. Descobre agora