T h i r t y

23.7K 2.6K 1.6K
                                    

SIENNA DEVORA, point of view.

- E você e meu irmão? - Reggie, questiona enquanto caminhamos para dentro do shopping

Ops! Esta imagem não segue as nossas directrizes de conteúdo. Para continuares a publicar, por favor, remova-a ou carrega uma imagem diferente.

- E você e meu irmão? - Reggie, questiona enquanto caminhamos para dentro do shopping.

- Estamos bem, conversamos todos os dias e segunda feira ele queria ir na minha casa. - Falo e dou um sorrisinho bobo.

- E ele foi?

- Não, segunda eu fiz um dia das garotas com a Peyton e Ayla. E você sabe a regra, nada de macho atrapalhar o dia das garotas. - Digo, e Reggie revira os olhos.

- Ainda não aceitei que vocês não me deixam participar. - Diz, fazendo uma cara emburrada.

- Você não é menina, Reggiezinho! - Brinco, entrelaçando nossos braços.

- Idai, no dia das garotas vocês fofocam e cuidam da pele. Eu gosto de cuidar da minha pele, e também gosto de fofocar. - Responde me fazendo gargalhar.

- A esqueci de avisar, Ashley também vai assistir o filme com a gente. - Digo, mudando de assunto.

- Ué, como assim? - Reggie pergunta sem entender.

- Ela mandou mensagem me chamando para sair, disse que não estava bem e queria se distrair. Ai eu disse que já tinha compromisso com você, e para não deixar ela na mão chamei ela pra vir junto. Tudo bem né? - Pergunto, parando em frente ao cinema com Reggie.

- Contanto que vocês duas não fiquem se pegando do meu lado, esta ótimo. - Reggie, responde e reviro meus olhos.

- Eu não vou ficar com a Ashley, Reggie. - Falo e de longe vejo uma garota de cabelos castanhos caminhar em nossa direção. - Acho que ela esta vindo.

Ashley estreita os olhos em minha direção e se aproxima devagar, sorrindo fraco. Seus cabelos longos estão soltos e ela está vestindo uma calça mom jeans preta, junto com um cropped branco e nós pés um tênis amarelo. Mas o que me deixa intrigada é suas olheiras fundas, a feição cansada e os olhos inchados, parecendo que chorou o dia todo.

- Oi gente. - Sorri parando a nossa frente.

- Oi Ashley. - Sorrio sem mostrar os dentes. - Esse aqui é o Reggie, meu melhor amigo. Ele estava com a gente na casa do lago.

- Eu sei quem é, irmão do Vinnie. - Estica sua mão e meu melhor amigo sorri forçado apertando a mão dela.

Reggie as vezes consegue ser mais fresco que eu e Peyton juntas.

- Isso. - Responde. - Vou comprar os ingressos pro filme.

- Que filme vamos assistir? - Pergunto.

- Invocação do mal três. - Reggie, responde e Ashley faz uma careta.

- Toma aqui o dinheiro pro meu ingresso. - Entrega o dinheiro que estava na capinha do celular e entrega para Reggie que pega e se afasta até o balcão.

- Você esta bem? Parece cansada. - Pergunto.

- Hum, briguei com Erick. - Responde meio cabisbaixa.

- Seu namorado? - Pergunto e ela assente com a cabeça. - Logo vocês se acertam, relaxa. - Pego em sua mão como forma de conforto e ela sorri fraco apertando de leve minha mão.

Por mais que seja estranho a consolar sabendo que ela traiu o namorado comigo, não quero deixar de tentar ajudar de alguma forma. Odeio ver alguém triste.

- Vamos? Já comprei três copos de coca e a pipoca. - Reggie, se aproxima e pegamos nossos copos com ele, entrando para dentro do cinema.

[...]

- Não acredito que pagamos quase cem dólares em um ingresso para assistir essa porcaria. - Ashley, diz enquanto caminhamos para fora da sala.

- O que você esta falando garota? Nem prestou atenção no filme, só ficava conversando. - Reggie, fala e revira os olhos. - Invocação do mal três é maravilhoso!

- Não prestei atenção porquê o filme é uma bosta. - Retruca dando início a um bate boca sem fim sobre o filme.

- Porra ja chega! - Falo irritada e sinto minhas bochechas esquentarem quando percebo que foi alto de mais, e agora a atenção de algumas pessoas estão em nós.

- Vocês estão parecendo duas crianças. Idai que ela não gostou do filme, Reggie? Idai que ele gostou do filme, Ashley? Que motivo mais idiota pra essa discussão de vocês dois! - Continuo a falar e os dois se calam.

- Só por terem me estressado e me feito passar vergonha, vão me pagar um sorvete cada um! - Falo e vejo eles abrirem a boca para protestar. - E sem mimimi! - Saio andando em direção a praça de alimentação.

- Essa garota é um porre. - Reggie, fala ao meu lado quando estamos só nós dois na mesa.

- Ela é legal, vocês dois que só discutiram até agora. - Reviro meus olhos.

- Ficou sabendo da festa que vai ter na fraternidade de Troy sábado? - Reggie, pergunta mudando de assunto.

- Não. Vai ir? - Pergunto, vendo Ashley caminhar até nós segurando nossos lanches.

- Estão falando sobre o que? - Se senta ao meu lado, colocando a bandeja em cima da mesa.

- Sobre nada que seja da sua conta. - Reggie fala rude, pegando o seu lanche.

- Ui ui, o pirralho tá putinho. - Provoca, Ashley.

- Estávamos falando sobre a festa do Troy. - Digo rápido antes que os dois voltassem a discutir.

- Ah, vocês vão? - Pergunta.

- Não fomos convidados. Quer dizer, eu não fui. - Respondo mordendo meu hambúrguer.

- Eu também não, mas o Vinnie vai. - Reggie, da de ombros.

- Erick é amigo dos garotos que moram junto com o Troy, porquê não vamos todos juntos? - Ashley, propõe e olho para Reggie, que revira os olhos.

Mas que caralho mesmo em, esses dois são um porre juntos.

- Nem fudendo. - Reggie, diz e o encaro fazendo o garoto bufar. - Eu não vou Sie, mas se você quiser ir.

- Por favorzinho... - Peço com uma voz fofa, sorrindo e tombando levemente a cabeça pro lado.

- Nasceu grudada comigo agora? - Meu melhor amigo pergunta em um tom brincalhão. - Eu vou Sienna, mas já deixo avisado que vou com o meu carro. Longe dessa garota chata.

Ashley apenas revira os olhos e murmura um "Ainda bem."

- Ótimo! - Respondo sorrindo grande.

Passei a semana sozinha, em casa sem sair para lugar algum. Apenas Peyton e Ayla que foram passar o dia na minha casa segunda feira. Estou quase com dezoito anos, e não fiz nada na minha adolescência além de ler livros e sair para lugares tranquilos com Reggie. Acho que já está na hora de começar a me soltar mais, criar experiências.

DIARY | vinnie hacker Onde as histórias ganham vida. Descobre agora