Minha Ginecologista

18.1K 295 82
                                    

Fui a primeira vez na ginecologista, minha mãe insistiu muito para eu ir já que eu tinha perdido a virgindade, e quando contei, a primeira coisa que ela fez foi marcar uma consulta na ginecologista. No começo eu fiquei muito nervosa já que era a minha primeira vez, mas ao falar com as minhas amigas sobre a situação elas me acalmaram e disseram que não era para me preocupar.

Chegando no dia a minha mãe não pode ir pois teve que ir trabalhar e não pode pedir para sair, nisso eu fiquei mais nervosa ainda, sozinha e no mundo totalmente "novo" para mim. Só que não podia desistir, eu fui, e chegando na clínica a recepcionista anotou meus dados e me deu a ficha 55. eu pensei:
-"puta merda, vou sair daqui muito tarde."
Perguntei a moça qual ficha estava, ela disse que ainda estava na 20. e ainda me falou que eu era a última paciente... Demorou bem 1h ou mais e eu fui chamada, entrei na sala e vi que era uma mulher, jovem, cabelo curtos e liso. Ela estava de cabeça baixa, então não pude ver muito, ela ainda de cabeça baixa falou:
-"sente-se, só vou terminar uma coisa."
Eu obedeci e sentei, quando ela levantou a cabeça vi aquela pele lisa, sem nenhuma mancha, olhos pretos, e uma boca magnífica, fiquei fissurada naquela mulher, e me deparei pensando em como ela deve ser linda nua. Meus pensamentos foi interrompido por ela se apresentando:
-"Oi boa tarde, quase noite rs me chamo dr Paula, é a sua primeira vez?"
-"sim, minha mãe que marcou"
nesse estante percebi que ela não parava de me observar, olhava os meus peitos e a minha boca, mas eu achei que era algo profissional.
-"bom vou fazer uma perguntas básicas para começar, tudo bem?"
-"sim."
-"você é virgem?"
-"Não, perdi a pouco tempo"
Nisso me deparei com uma pergunta bem inusitada.
-"Perdeu com homem ou mulher?"
-"Homem, Infelizmente."
dei uma risada, e ela também com um malicia.
-"você já fez sexo oral?"
-"sim."
-"Com homem?"
-"Sim, e com mulher"
(Esqueci de mencionar que sou bi, perdão.)
-"hmm, Ok! bom, vou te examinar, peço que fique nua."
eu pensei: "que? achei que era só a calcinha para ver minha buceta e pronto" mas fiz o que ela pediu. tirei tudo e fiquei praticamente toda nua, ela não parava de me olhar, e quando ela se levantou... puta que pariu, que mulher gostosa, só de ver ela em pé na minha frente eu fiquei muito excitada! vestido colado, dava para ver bem destacado os seus seios, e sua bunda grande. vi que ela tinha tirado o sapato, deve ter sido por causa do cansaço...
-"pode se deitar, de pernas abertas para mim" ela sorriu, e foi o que eu fiz. "vou começar a te examinar."
foi quando sentir ela abrindo minha buceta e examinando.
-"você tem uma bela buceta kkkkk"
-"ah obrigada kk" falei com vergonha...
-"vou penetrar meu dedo para ver uma coisa"
-ok, sem problemas."
ela enfiou seu dedo, e eu fiquei cheia de tesão, foi quando sentir algo diferente, ela começou a penetrar o dedo dela em mim, socando cada vez mais dentro, nisso eu não pude evitar aquele gemido abafado.
-"hmmm"
-"tá doendo??"
-"Não" e rir, foi quando me deparei que ela estava de perna aberta, sua calcinha branca dava para ver aquela buceta linda. Parei de pensar na buceta dela quando eu sentir outro dedo, e ela socando bem fundo e devagar, comecei a ficar molhada, e cheia de tesão! ela começou a me fuder gostoso, e eu não pude evitar o meu gemido.
-"aaahmm, assim vai, aaaahmm"
-"tá gostando vadia?"
-"aaahm sim! me fode mais vai, aahm"
comecei a apertar meus peitos, enquanto ela me fodia gostoso. Ela caiu de boca na minha buceta, chupando meu clítoris e me fudendo com seus dedos.
-"aahmm caralho, que boca gostosa, me chupa vai vadia, me chupa, quero gozar na sua bocaaaahnmmm" gozei gostoso nela, enquanto eu tremia pelo ápice do meu gozo, ela tirava seu vestido. Ela chegou e me beijou, me levantou daquela cama, botei ela em cima da mesa, beijei ela, desci no seu pescoço e fui até seus peitos gostoso, chupei eles, passando a ponta da minha língua e dando umas mordidas de leve.
-"continua assim, delícia, aahmm"
comecei a passar minha mão na sua buceta, era grande, carnuda, comecei a esfregar minha mão naquela buceta grande, esfreguei com força.
-"aaahmmm, isso cachorra, esfrega sua mão na minha buceta."
abrir as pernas delas e enfiei minha língua, chupei ela com todo meu gosto, pincelei ela, e chupei o clítoris dela.
-"aaaahmmm, vai vai, assim, chupa gostoso. ai caralhoo aaahmmmm, que boca gostosa" olhei pra cima e ela tava revirando os olhos e passando os dedos em seus peitos, foi quando ela me olhou e disse:
-"me fode vai, me fode com força"
enfiei dois dedos e comecei a fuder ela, foi devagar e depois rápido, comecei a esfregar seu ponto G e chupar ela.
-"aaaaaaahmmm, vou gozar, aam aam aam aammm" e sentir seu gozo na minha boca.
-"você é muito gostosa dr."
-"fica de quatro pra mim vai vadia"
me posicionei de quatro, ela pegou um vibrador na gaveta e começou a esfregar na minha boceta, e chupando.
-"aaahm aahm aahm, puta que pariu, que gostoso, você é uma vadiazinha muito gostosa"
-"tá gostando, em? quero te comer mais"
-"me come vai, aaahmm" eu gozei no seu brinquedinho. ela se levantou e se sentou em mim e começou a se esfregar, quando enfiei meu dedo nela.
-aahmm aahm, assim vai" ela se esfregou mais e mais, até que nós duas gozamos.

A gente se vestiu, e nos despedimos. Fui para casa sem acreditar... minha mãe perguntou do porque da demora, e eu disse que foi por causa das fichas. E agora toda semana tenho que fazer um exame por causa de uma "inflamação" Mas na real, o meu exame se chama Dr Paula.

Lésbicas +18 Onde as histórias ganham vida. Descobre agora