》1《 Apenas o Começo...

14.9K 730 46

Heey gente,
Bem-Vindas (os) a minha segunda fanfic escrita.

O personagem Louis tem 18 anos ,mas possue um desejo de ser tratado como criança ( Infantilismo) .

Agora que já está esclarecido, espero que gostem e comentem a opinião de vocês, é muito importante.

Boa leitura

...

Estou realmente muito nervoso.

Hoje é um dia muito importante ,estou prestes a conhecer o meu filho.

Ele já tem dezoito anos por incrível que pareça.

Muitas pessoas ,provavelmente devem estar se perguntando" porque diabos você vai conhecer seu filho só agora?como assim?",simples,eu não namorei a mãe dele exatamente, a nossa relação não durou muito tempo,em uma das nossas noites juntos , ficamos bêbados e acabou acontecendo.

Ela como uma ômega engravidou, mas ainda não temos a total certeza de que eu seja realmente o pai, já que o passado dela não é favorável, mas eu prometi que cuidaria e o trataria como meu filho.

Na época eu só tinha quatorze anos, com uma identidade falsa e nenhum juízo na cabeça.

Não achei que teríamos problemas e na hora nem cheguei a pensar direito.

Ela era uma linda ômega e estava para entrar no cio, não foi marcada por mim, eu sabia que não a amava o suficiente para tal ato.

Esse é o meu grande defeito, não pensar antes de fazer, mas espero compensar meu "erro", se é que posso chamar assim, cuidando do meu filho a partir de hoje.

Fiquei sabendo da notícia a um mês, assim como fiquei sabendo que meu filho tem infantilismo ,que faz a pessoa agir e querer ser tratada como uma criança.

Fiquei a noite toda pesquisando sobre isso e como realmente eu deveria tratá-lo.

Claro que fiquei espantado, mas de alguma forma isso me deixou feliz.

Tinha um ser que eu poderia amar e cuidar e que seria dependente de mim, já que a mãe dele faleceu a pouco tempo.

Apesar de ainda ter um pouco de mágoa de Elisa por não ter me contado que nós tínhamos um filho, gostava muito dela.

E parece que "Louis", que eu descobri ser esse o nome do meu filho, também gostava muito da mãe e parece estar um pouco triste com a morte da mesma.

Mas como toda "criança" vai esquecer fácil da tristeza e guardar lembranças boas.

Realmente espero ser bom para ele e que consiga fazer o meu filho feliz.

E que ele se sinta confortável para ser ele mesmo ao meu lado, sem julgamentos e sem medo.

Agora estou suando frio.

Estou muito nervoso e nem sei o porque, afinal, ele é meu filho.

Mas tenho medo de ser rejeitado por ele, afinal, até pode ter infantilismo e agir que nem uma criança mas pelo o que pesquisei ele pode ter mudanças e agir como um adolescente.

Não demora muito e quando superar a morte de Elisa, será como um adolescente de sua idade.

É um pouco diferente, mas eu simplesmente não me importo tanto assim.

-Senhor Styles?- Ouvi a atendente do orfanato chamar meu nome.

-Sim?-.

-Bom dia! Vou lhe acompanhar até os dormitórios.-Sorriu simpática.-Louis ficou aqui no orfanato durante um mês mas fez um amigo um pouco mais novo que ele, seu filho é muito divertido, engraçado e hiperativo , realmente chamou a atenção das cuidadoras daqui, bem...ele deve estar arrumando as malas, ainda tem uns papéis que o senhor terá que assinar em casa e me trazer na segunda-feira.-Explicou-me.

-Pode deixar comigo!-Sorri animado.- Bem...Você acha que ele vai gostar de mim? sabe... é a primeira vez que vejo meu filho e não sei como tratá-lo...-Sorri sem graça.

-Claro que vai! É como eu disse anteriormente, ele pode ser um pouco tímido no começo, mas depois é muito sociável.-.

Paramos em frente a um dos dormitórios que estava com a porta aberta e lá havia dois garotos.

-Aquele ali é o seu filho!-Apontou para o garoto que estava vestido com calças vermelhas e uma blusa branca listrada de azul.-Vou tirar o Niall daqui para que vocês possam conversar e se entender.-.

-Okay, obrigado.-.

-Niall? Pode os deixar sozinhos um momento?-Pediu e o garoto assentiu cabisbaixo.

-Senhor?-O garoto apresentado por Niall , me chamou.

-Sim?!-Inclinei a cabeça levemente para baixo já que o garoto era menor que eu.

-Você é pai do Louis , sim?-.

-Sim ,sou.-Respondi meio incerto.

-Cuida bem do Louis , não o julgue pelo jeito dele de ser, já que é igual ao meu, e por favor traz o Louis aqui, ele é meu amigo e quero saber como vão as coisas. -Choramingou baixo enquanto mexia em sua blusa.

-Eu prometo que vou cuidar do seu amigo ,okay? Não chore, eu vou trazer ele para vocês conversarem e talvez quem sabe levar vocês dois para um passeio, claro, se deixarem...-Olhei para a atendente que descobri ser Andry como se estivesse a perguntando se eu realmente poderia.

-Eu arrumo uma autorização.-Sorri agradecido.

-Tchau Lou!- Niall abraçou o amigo.

-Tchau Nialler! Não se esqueça de mim, okay? Não vai se livrar de mim assim tão fácil. -O garoto soltou uma leve risada e concordou.

-Bom, Niall e eu vamos ir ao refeitório e vamos deixar vocês conversando.-.

-Certo,tchau Niall! Foi muito bom conhecer você.-Me despedi.

-Igualmente, senhor.-Acenou saindo do quarto , me deixando sozinho com meu filho.

-Você é o Louis, certo?-Perguntei meio incerto olhando para o garoto não tão baixo, porém não tão alto.

-Sim, e você é o Harry , hum?-Perguntou divertido me fazendo rir.

-Sobre sua mãe...an...Você entende não é? o porquê de eu não ter te procurado antes, e minhas dúvidas quanto a paternidade... -Perguntei um pouco receoso.

-Mais ou menos! Mamãe falou que você não sabia da minha existência ,mas que um dia iria saber.-Suas bochechas ficaram avermelhadas e o mesmo abaixou a cabeça.-Mesmo não tendo certeza que você é meu papai, eu rezo para que seja. -.

...


Larrykisses da titia Andry 💕

My Little Fireproof 》Larry.S 》A,B,O《Leia esta história GRATUITAMENTE!