Capitulo 01 - Three Long Years

29.5K 1.1K 184

Ela abriu os olhos, verdes num tom mais claro por ter acordado como se alguém tivesse lhe cutucando, mas logo se acostumou com a claridade.

Tateou a parede devagar, em busca do interruptor e o virou devagar, acendendo aos poucos.

Se virou na cama, olhou ao redor, em cima do criado mudo estava seu iPod e grudado na tela um post it, ela pegou e leu o que estava escrito.

"Ouça à última gravação, a de número 1.095".

Sem entender o porquê, mas sabendo que deveria fazer ela encaixou o iPod nas caixinhas, colocou a gravação para reproduzir e se levantou indo para a cômoda para pegar um short.

- Bom dia Lauren. Hoje é dia 03 de agosto de 2015, segunda feira para ser mais exata e dado ao seu vício e relógio interno devem ser seis ou sete horas da manhã. Você provavelmente conhece a sua voz, e em questão de minutos vai associar isso à sua memória. Caso não, eu sou você!

A adolescente de 18 anos arqueou as sobrancelhas e parou de mexer na gaveta se sentando na cama. A data estava errada, aquilo parecia intrigante. Porém descartável. Preparou-se para desligar, aproximando-se do criado mudo.

- Nem pense nisso, Jauregui. Eu sou você, e não mentiria! Pare de ser teimosa, a data está certa. Nossa mente que é uma merda. - Lauren da gravação disse e a que estava presente recuou. - Ótima menina, fazemos isso há três longos anos. Então senta e ouve.

- Okay. - Ela murmurou para si mesma.

- Nosso ex namorado era um mala chamado Luis Felipe. Ele fazia parte de corridas de rachas e drift. Nós estávamos "brava" porque Luna tinha ido embora, as meninas estavam julgando ele, com razão, e nossos pais iam se separar. - Lauren dizia. A morena franziu, Luis ainda era seu namorado e Luna estava lá. - Não Laur, sei o que está pensando, Luis não é seu namorado e Luna não está mais em Miami. Abra o seu notebook, tem uma pasta nomeada "Acidente" na área de trabalho, clique nela.

Lauren se levantou voando da cama, pegou o notebook o abrindo, clicou na pasta e viu a primeira foto. - No dia 02 de julho de 2012, nós e Luis entramos em um carro e esquecemos o cinto Laur, pior coisa que fizemos na vida. E o Luis tinha bebido.

Ela passava as fotos assustada e horrorizada, aquilo era tão imprudente. - Pois é Laur, a gente atravessou o vidro de cabeça, voando direto para o chão, tamanho foi o impacto e por Deus estamos vivas. Mas o Luis não, ele morreu preso entre a lataria amassada, isso causou perda total. Até hoje ninguém nunca entendeu como saímos de lá, inclusive nós. Aquele vidro era temperado. De qualquer forma. Fazem três anos que isso aconteceu, e desde então já gravamos mais de mil vezes para levarmos uma vida normal. No começo os médicos ficaram confusos, porque a mamãe estava conosco e ela nos contou o que tinha acontecido, lembrávamos, mas quando acordávamos, entrávamos em pânico e assim que eles falavam tudo de novo a gente lembrava, o médico deu ideias de vídeos, gravamos alguns, mas era cansativo demais e falar era melhor. E aqui estamos.

"Bom. Laur a gente sobreviveu, e isso foi maravilhoso. Hoje é o primeiro dia de férias, nosso cronograma vai ser ir para a academia com a Mani e esperar os acontecimentos do dia. Durante esses três anos, a gente vem vivendo dia após dia. Estudamos, passamos de ano e vencemos qualquer tipo de dúvida que tinham sobre nós e se seríamos capazes. Somos capazes, mas limitadas é claro. A gente namorou o Keaton e ele gostou dessa história inclusive nos ajudou, mas acabou depois de um tempo. Somos líder de torcida, isso não nos prejudica em nada, mas algumas coisas mudaram inclusive, Luna viajou para NY, faculdade, ela precisava deixar a gente para construir o futuro dela e sabemos que ela conseguiu"

E Lauren se lembrou, de tudo de cada detalhe dos três anos, era sempre assim. Era só dormir que os anos se apagavam. Era só ouvir o que tinha acontecido e como estava sendo a vida que se lembrava. Tinha possibilidades de ela voltar a ter uma memória normal, mas ninguém havia encontrado a cura ainda.

- Antes de desligar, não se esqueça. No final do dia você tem que gravar novamente, com as novidades, as vezes nossa mente falha. E não podemos esquecer do que vivemos, e de quantos amores encontramos. - Lauren da gravação finalizou.

My SinRead this story for FREE!